(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Base política de Antônio Gomide corre o risco de implodir

Política Comentários 20 de abril de 2012

Partidos que se mostram fiéis aliados, até agora, deixam transparecer sinais de rebeldia e inquietude, com os rumos do Governo Municipal. Pano de fundo seria a vaga de vice


Nas últimas semanas, o que parecia uma coisa consistente, passou a ser motivo de preocupação no Governo Municipal. O volume de críticas e cobranças por parte de alguns aliados, principalmente vereadores das bancadas de sustentação na Câmara, deixa transparecer que há insatisfações e insegurança quanto aos destinos da sucessão municipal. Adotando uma posição de cautela, mesmo porque não quer abrir polêmica com os aliados, o Prefeito Antônio Gomide diz que a sucessão vai ser comandada pelo PT e não por ele, individualmente. “Nosso partido tem esse perfil. Tudo é discutido à exaustão, com parceiros e aliados. E, quando chegar a hora, certamente, isto será feito”, justifica Gomide, no que tem a corroboração de seu chefe de Gabinete, Céser Donizete.
Até o PSC (Partido Social Cristão) que acompanha o Prefeito Antônio Gomide (PT) desde o primeiro turno das eleições de 2008, dá sinais de inquietude. O deputado estadual Carlos Antônio, liderança maior da agremiação em Anápolis disse, esta semana, que a prioridade é manter a parceria com o Partido dos Trabalhadores, desde que seja na chamada chapa ‘puro sangue’. “Aprovamos isso. Candidato a prefeito e a vice do PT. Pode ser o atual, João Gomes, ou qualquer outro. Mas, se for aberta a coligação para outro candidato a vice, que não seja um petista, aí, queremos rediscutir a questão”, declarou o parlamentar socialista cristão.
E, este posicionamento não é exclusividade do PSC. Também o PTB, que tem três vereadores (Amilton Batista, Márcio Jacob e Domingos de Paula), já sinalizou querer discutir a questão sucessória. “A preferência, com certeza, é para mantermos o apoio ao Prefeito em caso de uma candidatura à reeleição. Mas, precisamos saber que tipo de compensação o PTB vai ter com tudo isso. E, não estaria descartada nem a possibilidade de lançarmos candidatura própria. Temos, até, nomes”, disse o presidente petebista, Professor Roberto Naves, esta semana. Foi uma espécie de recado para o PT. E, um dos nomes (se, não, o principal) de que disporia o PTB, é o do ex-deputado Frei Valdair, candidato a prefeito por duas vezes e que, a princípio descarta qualquer candidatura, mas deixa aberto que “se o partido precisar”, estará à disposição.

Descontentamentos
A fila dos descontentes é engrossada pelo PMDB, tido como um dos principais aliados e para quem está focada a probabilidade de indicar o candidato a vice. O vereador Wesley Silva, por exemplo, esta semana, carregou nas críticas contundentes a alguns setores da administração, dentre eles a CMTT e a infraestrutura. Há nomes dispostos no PMDB, dentre eles o de José Caixeta e Max Lânio Gonzaga Jaime ex-vereadores e Air Ganzarolli, ex-vice-prefeito de Anápolis. Além deles, são citados nomes como os dos atuais vereadores Wesley Silva e Assef Nabem, como também, do médico Joelington Barbosa. No PMDB tem-se como certo que o PT buscará, entre seus membros, o companheiro de chapa para Antônio Gomide. Até porque haveria a pretensão de se manter a aliança que já existe em nível nacional (Michel Temmer do PMDB, é vice de Dilma Rousseff, do PT) e em Goiânia (o atual prefeito Paulo Garcia, PT, era vice de Íris Resende, PMDB). Mas se, por ventura, isto não acontecer, zera-se o processo e o partido buscaria, inclusive, uma candidatura própria. Que pode ser a de José Caixeta Ramos, hoje Presidente do Sindicato Rural.
E, o, até agora, pacato PP (Partido Progressista) que tem participação ativa no Governo Gomide, ocupando a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, com o médico e ex-vereador Mozart Soares Filho, pode se rebelar. Embora o vereador Pedro Mariano reafirme, de forma convicta que fica com Gomide “em qualquer circunstância”, sob a alegação de que não se justifica ser participante do governo por mais de três anos e sair para adotar uma nova postura política, há quem diga que existe um forte desejo de candidatura própria, com nomes sendo indicados, dentre eles o do ex-prefeito Wolney Martins de Araújo e dos empresários Luiz Medeiros Pinto e Wagner Aidar.
Por fim, o PSB, também forte aliado de Gomide (o vereador Sírio Miguel é líder do Prefeito na Câmara e o engenheiro Clodoveu Reis Pereira é o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável) pode entrar na corrida para a vice do PT. Esta semana o vereador Sírio Miguel disse que “o PSB não é problema e, sim, solução para Gomide”, sinalizando que corre por fora na disputa.
No ambiente do Partido dos Trabalhadores considera-se normal esse clima de expectativa entre a base aliada. Há quem diga, até, que o debate seja salutar. “Agora a coisa está bem mais fácil do que em 2008, quando poucos queriam compor conosco. Hoje, a realidade é outra. Estão disputando ardorosamente a vaga”, disse um líder petista. Mas, o Prefeito Antônio Gomide, figura central de toda esta polêmica, prefere esperar. Muito embora seja voz quase geral que o atual vice, João Gomes, estaria fora, devido à estratégia que se pretende adotar na campanha deste ano, no PT há quem defenda sua permanência. E, aponta-se a lógica: “Qualquer nome indicado a vice, que não for do PT, vai gerar discussões. Assim sendo, é melhor ficar com o João mesmo”, afirmou um membro do Diretório.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...