(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Base Aérea vai ser triplicada

Infraestrutura Comentários 26 de junho de 2010

Unidade irá ganhar novos parques aeronáuticos e o seu efetivo irá quase que triplicar nos próximos oito anos, segundo o planejamento estratégico da Força Aérea Brasileira


A Base Aérea de Anápolis (BAAN) deve se tornar, nos próximos oitos anos, num dos maiores e mais importantes complexos da Força Aérea Brasileira (FAB). O comandante da corporação, coronel aviador Alcides Teixeira Barbacovi, apresentou parte do planejamento estratégico que deve ser implementado já a partir do ano que vem, em etapas, num período de oito anos.
Segundo o comandante, a Base Aérea tem hoje uma área de 16,5 mil metros quadrados, que deverá ser quase que totalmente ocupada com a criação dos parques de material bélico, de material de aviação e uma nova unidade de caças supersônicos. Conforme adiantou, os 36 novos aviões que o governo brasileiro está adquirindo, podem ficar, todos, incorporados à frota da unidade. Barbacovi salientou que não há, ainda, uma definição sobre qual modelo de aeronave virá para o Brasil, pois não se trata apenas de adquirir um novo caça, mas adquirir também tecnologia. A decisão será entre três marcas: uma francesa (Dassault/Rafale), uma sueca (SAAB/Gripen-NG) e uma americana (Boeing F-18 E/F Super Hornet).
Ainda em relação aos investimentos, o comandante destacou que a Companhia de Artilharia Aérea que será implantada na BAAN é algo novo no País e envolve a aquisição de unidades móveis de grande porte, capazes de transportar foguetes para defesa de aeronaves ou outros tipos de alvo. Além disso, a pista para pousos e decolagens também será ampliada. A Brigada de Saúde, que hoje tem capacidade de atendimento para 5.420 pessoas/mês, está com estimativa de crescer para 10.457 atendimentos. O Hospital será ampliado, mas haverá a necessidade de se ampliarem os convênios fora do sistema próprio.
O efetivo atual, de mil militares, deve ser ampliado para mais de três mil. Com isso, há a previsão de se construírem, pelo menos, mais 900 residências, sendo que a meta é para 200 unidades na Vila Santa Isabel e 700 apartamentos no conjunto localizado no Bairro Anápolis City. Fora as moradias, os investimentos previstos beiram R$ 90 milhões. O investimento global, incluindo as moradias, deve ultrapassar a cada de R$ 360 milhões.

Oportunidades
O comandante observou que é importante ao empresariado local estar atento às oportunidades que vão surgir, principalmente em relação às obras de construção civil. Ele apresentou gráficos demonstrando que, atualmente, as compras da unidade no Município ainda são pouco significativas, dentro do orçamento de que a BAAN dispõe.
Devido à movimentação que esta expansão irá trazer, o comandante relatou que juntamente com o Executivo Municipal e as lideranças empresariais, está fazendo gestões em prol da duplicação de parte da BR-414, que dá acesso à unidade. No caso do Parque de Material Bélico, que vai demandar transporte pesado, a localizando dentro da área foi definida para que haja opção, também, pela BR 153 (Belém-Brasília).
O comandante lembrou que a BAAN hoje já sedia, além dos grupamentos de caça, também o 2º e o 6º grupos de Aviação, que são responsáveis pelo SIVAM - Sistema de Vigilância da Amazônia - com as aeronaves ER-99, incorporadas à frota em julho de 2002, que dispõem de radares e equipamentos de alta tecnologia, colocadas a serviço do País para, não só auxiliar a defesa do espaço aéreo nacional, mas, também, servir como provedor de dados para vários órgãos governamentais e não-governamentais nas áreas de meio ambiente, defesa (combate ao narcotráfico), FUNAI e vários outros.

Social
O comandante apresentou, ainda, algumas ações sociais e de integração com a sociedade, que a Base Aérea vem desenvolvendo ao longo dos anos, como o tradicional evento dos portões abertos, que já chegou a receber um público de mais de 60 mil pessoas; o “Arraiá da Base”, festa junina que arrecada cobertores para serem doados a famílias carentes, além da participação no projeto AABB/Rotary/Comunidade e no Projeto Força no Esporte, através do qual, 400 crianças e adolescentes recebem assistência de alimentação, atividades esportivas e reforço escolar, com transporte gratuito para o deslocamento da escola para a Base.
Para o presidente da Acia, Ubiratan Lopes, os investimentos na Base Aérea trarão uma nova perspectiva de desenvolvimento para Anápolis. Na área da construção, ele observou que as construtoras e incorporadoras da cidade têm, hoje, condições de competir para realizar obras. Mas, observou, de maneira geral, que o empresariado deve conhecer melhor os procedimentos para fazer negócios com a Base Aérea. Neste intuito, foi até feita uma proposta ao comandante para a reativação do Escritório Facilitador, que já funcionou em outro comando, com pessoas qualificadas para prestarem orientações aos empresários. O comandante da BAAN recordou que havia grande dificuldade em adquirir pães na região e, em função disso, a unidade teve, até, que montar uma panificadora própria.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Infraestrutura

Secretaria fiscaliza queda brusca de vazão no Ribeirão Piancó

28/09/2017

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos está encaminha...

Drenagem urbana é um grande desafio para a gestão pública

28/09/2017

Durante encontro com empresários na Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), ocorrido na noite da última qu...

Plano para recuperar estradas

14/09/2017

Para dar garantias de que, no período chuvoso, as estradas vicinais estarão em boas condições de escoamento da produção...

Antigas erosões são combatidas em vários setores

31/08/2017

Enquanto vários projetos estão aguardando a aprovação junto ao governo federal, a Prefeitura de Anápolis, com recursos p...