(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Baldy libera novos recursos para obras sanitárias em Goiás

Geral Comentários 05 de julho de 2018

Minsitro assinou convênio com dezenas de municípios esta semana


O Governo de Goiás assinou na quarta-feira, dia 04, com a Fundação Nacional de Saúde, convênio de R$ 71,2 milhões para a implantação de sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário em 18 municípios do Estado. O valor total do investimento, por meio do Ministério das Cidades, é de R$ 200 milhões, a ser repassado em etapas. A solenidade contou com a presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e de prefeitos e representantes da Saúde no Estado e nos municípios.
O Governador José Éliton destacou o trabalho do ministro Alexandre Baldy e do presidente da Funasa, Rodrigo Sérgio Dias. Ele parabenizou o ministro pela “agenda eficiente”, que “elimina a burocracia”, em favor dos interesses maiores da população.
José Eliton aproveitou para informar que o Estado atingiu a marca de 220 municípios que assinaram convênio com o programa Goiás na Frente. O ministro disse perceber a “boa vontade” do Governo de Goiás em “fazer acontecer” o Goiás na Frente nos municípios.
Alexandre Baldy afirmou que o Orçamento da Pasta para este ano está inteiramente “carimbado”, porque a ação “é forte, agressiva”, com uma visão de médio e longo prazos. “Essa é uma articulação política que se faz dentro do Congresso, aí fazemos o nosso trabalho”, explicou Baldy, enfatizando que quando um convênio é assinado, os recursos junto ao orçamento já foram reservados. “Hoje nós não discutimos mais 2018, mas 2019”, assinalou.
“Dinheiro bom é dinheiro na obra”, arrematou o ministro, ao agradecer ao governador pelo apoio que tem recebido do Governo do Estado. “Não podemos ser desnecessários no papel de agente público”, acrescentou, enfatizando a importância do poder público atender às demandas sociais.
Rodrigo Sérgio Dias informou que são R$ 71 milhões, que fazem parte de um total de R$ 200 milhões que o Ministério das Cidades trouxe para Goiás nos últimos quatro meses. “Esse investimento só foi possível graças ao ministro Alexandre Baldy”, disse, acrescentando que os R$ 200 milhões vão representar economia de R$ 1 bilhão, nos gastos do Estado com a Saúde, por se tratar de uma ação que contempla a medicina preventiva.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...