(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Baldy afirma que PSDB chegará forte em 2016

Política Comentários 12 de junho de 2015

Deputado avalia que o partido irá disputar a Prefeitura de Anápolis, mas a definição do nome deve ficar, mesmo, para o ano que vem. Outro foco é montar uma chapa forte para vereador


Em visita ao Jornal Contexto, na noite desta quinta-feira, 11, o deputado federal Alexandre Baldy (PSDB) afirmou que o seu partido irá concorrer à eleição para Prefeito de Anápolis, em 2016. Porém, disse que em relação a nomes não há definição e que esta questão só vai se estabelecer no comando do ano que vem.


Baldy ressaltou que legenda possui em seus quadros nomes de peso como Ridoval Chiareloto; Adhemar Santillo; Onaide Santillo, dentre outros, inclusive o seu próprio, em condições de representar os tucanos na chapa majoritária. Pessoalmente, disse que, por enquanto, não trabalha este projeto, já que o seu foco é firmar sua liderança e o seu trabalho na Câmara Federal. Mas, por outro lado, diz que nenhum político deve ter medo de enfrentar desafios. “Se está na chuva, tem de molhar”, disse. Ele também refutou as críticas que hora, ou outra, surgem, de que estaria ausente da Cidade. O deputado assinalou que tem vindo com frequência, mas a agenda parlamentar é muito intensa em Brasília.


Baldy falou, também, sobre a escolha do vereador licenciado Fernando Cunha, para presidir o PSDB anapolino. Na sua avaliação, foi uma escolha acertada e que, inclusive, fez com que esta troca de comando na legenda fosse “uma das mais pacíficas dos últimos tempos”.


“O Fernando Cunha assume uma missão importante para conduzir o nosso partido nas eleições de 2016, quando queremos entrar na disputa com uma chapa muito forte para as eleições de vereador e, também, trabalharmos a nossa candidatura majoritária, de prefeito. É uma orientação da nossa liderança maior, o Governador Marconi Perillo, que tenhamos candidatos na maior parte dos municípios goianos e Anápolis é, sem dúvida, uma prioridade para o PSDB”, ressaltou Alexandre Baldy.


Em relação à disputa para o comando regional do partido, que acontece neste domingo, o parlamentar ponderou que em momento algum, declarou ser candidato. Ele salientou que colocou o seu nome à disposição e manteve reuniões com lideranças e com deputados estaduais, discutindo o assunto. E, conforme avaliou, no cenário de animosidade que foi instalado, vai manter-se nesta mesma posição, ou seja, “à disposição do PSDB estadual, caso o partido entenda que o meu nome possa aglutinar a legenda. Do contrário, não tem problema. Nunca fui candidato”, assinalou o parlamentar tucano.


 


Com Marconi e Cunha


Através de uma articulação feita pelo deputado federal Alexandre Baldy (PSDB), o Governador Marconi Perillo e uma comitiva de empresários goianos se reuniram na última quarta-feira, 10, com o presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O objetivo, segundo o parlamentar tucano, foi demonstrar a importância da urgência na aprovação do projeto que convalida os incentivos fiscais, “garantindo a manutenção de empregos e a estabilidade da economia do nosso Estado”, ressaltou.


Segundo o parlamentar, Eduardo Cunha se mostrou favorável à aprovação do projeto e se comprometeu em colocá-lo para votação logo após a apreciação das medidas provisórias que trancam a pauta, o que deve acontecer em agosto.


O deputado, também, esteve com o Governador Marconi Perillo e os empresários goianos numa reunião com o Senador Romero Jucá (PMDB-RR), 2º vice-presidente do Senado. “Ele (Jucá) disse ser totalmente favorável aos incentivos fiscais e prometeu empenho na aprovação do projeto que os convalidam”, sublinhou Baldy, que considerou positivo o resultado dos dois encontros, para um desfecho nesta questão que é de extrema relevância para as empresas que são beneficiadas com incentivos dos programas Fomentar e Produzir


 


Pacto


Alexandre Baldy informou, ainda, que, em atendimento a requerimento de sua autoria, será realizada uma audiência pública para debater o Novo Pacto Federativo. O evento está agendado para a próxima segunda-feira, 15, às 09 horas, na Assembleia Legislativa. “Essa discussão é muito importante para garantirmos uma distribuição mais justa do dinheiro público entre União, estados e municípios, pois hoje a maior parte é concentrada nas mãos da Administração Central, dificultando os governos estaduais e municipais”, ponderou Baldy.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

19 prefeitos assinam filiação ao PSDB

18/08/2017

Os deputados estaduais Manoel de Oliveira (PSDB), Santana Gomes (PSL), Francisco Oliveira (PSDB), Charles Bento (PRTB), Gusta...

Fundo bilionário para patrocinar as campanhas

10/08/2017

Os deputados integrantes da comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) acabam de rejeitar um ...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...