(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

B- BOYING: Anapolino na final latino-americana

Esportes Comentários 28 de agosto de 2014

Uma dança que virou esporte, tem um competidor anapolino que luta por classificação para o mundial da França


O anapolino Igor Guerreiro de Abreu, mais conhecido como Iguin, será um dos participantes da final latino-americana do Red Bull BC One, batalha de b-boys reconhecida como uma das mais relevantes competições da cena b-boying mundial. A disputa acontecerá neste sábado,30, no Parque dos Igarapés, em Belém-PA e reunirá os 16 melhores b-boys da América Latina competindo por uma vaga na final mundial (que acontece dia 29 de novembro, em Paris).
A competição contará com apenas três brasileiros na disputa: Ratin (SP), atual campeão brasileiro; Luan (SP) e Iguin (GO), respectivamente, segundo e terceiro colocados na competição nacional. Eles vieram de sete eliminatórias regionais feitas em Belém, Fortaleza, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Curitiba e São Paulo.
Iguin tem 19 anos de idade e há 10 anos pratica o break que, para ele, mais do que uma dança é um estilo de vida. E, também, um modo de vida. Além de participar de campeonatos, ele dá aulas e participa de eventos do gênero como jurado. Com a dança, o jovem é de origem humilde não enveredou o caminho das drogas. Muito pelo contrário, acreditou no seu talento e foi à luta, ou melhor, à dança.
Desde que foi criado, em 2004, o Red Bull BC One estabeleceu-se como uma das mais relevantes competições da cena b-boying mundial, sendo palco para inúmeros dançarinos, caso dos brasileiros Pelezinho (que já disputou quatro edições do Mundial) e Neguin, único latino americano a conquistar o cinturão de campeão.
O Red Bull BC One é a competição mais importante de b-boys homem-a-homem no mundo. A cada ano, milhares de b-boys competem nas City Cyphers, finais nacionais, por uma vaga nas seis finais, realizadas na Europa Ocidental, Europa Oriental, América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e Oriente Médio e África. Os vencedores vão para o Red Bull BC One World Finals, em que 16 irão participar, mas apenas um sai coroado campeão. O primeiro Red Bull BC One foi criado em 2004, na Suíça. Desde então, a competição anual viajou da Alemanha para o Brasil, África do Sul, França, EUA, Japão e Rússia.

O que é?
Breakdance (também conhecido como breaking ou b-boying em alguns lugares) é um estilo de dança de rua, parte da cultura do Hip-Hop criada por afro-americanos e latinos na década de 1970 em Nova Iorque, Estados Unidos. Normalmente é dançada ao som do Hip-Hop ou de Electro. O breakdancer, breaker, B-boy, ou B-girl é o nome dado a pessoa dedicada ao breakdance e que pratica o mesmo ou faz Beat box.Inicialmente, o breakdance era utilizado como manifestação popular e alternativa de jovens para não entrar em gangues de rua, que tomavam Nova Iorque em meados da década de 1970.1 Atualmente, o breakdance é utilizado como meio de recreação ou competição no mundo inteiro.
Site internacional: www.redbullbcone.com
Facebook: www.facebook.com/redbullbcone
Twitter: www.twitter.com/redbullbcone.com #bcone

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Rapidinhas do esporte

15/12/2017

# A diretoria do Anápolis bem que tentou, mas não conseguiu segurar o meia Felipe Baiano, que acertou com a Aparecidense pa...

Anapolina inicia pré-temporada com jogadores experientes no elenco

15/12/2017

De volta a primeira divisão do futebol goiano a Anapolina já vive intensamente a pré temporada, nesta ultima quarta feira(...

Arena é campeão Goiano de futsal

08/12/2017

O trabalho de base feito pela Escolinha de Futsal Arena, a cada ano, vem conseguindo grandes resultados. Nesta reta final de ...

Grêmio Anápolis - Lateral e atacante contratados

08/12/2017

A passagem do técnico Edson Júnior pelo Campeonato Goiano da Terceira Divisão, quando dirigiu a Jataiense, surtiu efeito p...