(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Avenida Parque Resort Residence vai priorizar preocupação com o Meio Ambiente

Geral Comentários 21 de novembro de 2014

Um sistema de reciclagem permitirá o reaproveitamento de um milhão de litros de água. Empreendimento terá 16 mil m2 de área verde. A previsão é que 700 famílias morem no local


Anápolis vai contar com um empreendimento imobiliário que será uma revolução em condomínios verticais. O Avenida Parque Resort Residence, que será localizado na Avenida Universitária, na Vila Santa Isabel, obra da Construtora Emisa, pretende ser um marco na preocupação com o Meio Ambiente. Uma das novidades será a captação e armazenamento de água da chuva para o posterior reabastecimento do lençol freático. Está prevista também a reciclagem mensal de um milhão de litros de água provenientes de chuveiros e lavatórios.
Esta água reciclada será utilizada para a irrigação dos jardins do condomínio, limpeza das áreas comuns e alimentação dos lagos ornamentais. “Esse empreendimento tem um diferencial que não existe nos empreendimentos que foram lançados em Anápolis. Por conta da preocupação com o Meio Ambiente”, declarou João Emídio, diretor-comercial da Emisa. A previsão é que 700 famílias morem no Avenida Parque Resort Residence. Ele explicou que o conjunto habitacional, composto por cinco torres de 28 pavimentos, terá “portaria principal nos moldes de condomínio fechado”.
O ambiente será cercado, monitorado 24 horas e haverá o acesso ao condomínio com controle biométrico em cada torre. O Avenida Parque, de acordo com João Emídio, é muito bem localizado, estando próximo a universidades, restaurantes, shoppings e comércios. “O local é muito bom. É um local muito valorizado”, pontuou. Para o diretor-comercial do empreendimento, a obra “atinge um público muito amplo”, composto por jovens casais, famílias, pessoas solteiras e todos os que procuram um local tranquilo para morar.
Um stand com três apartamentos-modelos decorados foi erguido no local onde será o empreendimento. A obra está prestes a ser iniciada e os interessados já podem conhecer as três opções de apartamento. Para Amador dos Santos, diretor-técnico da Emisa, uma das vantagens de morar no Avenida Parque Resort Residence é a tranquilidade que será proporcionada entre os vizinhos por um sistema de contenção de ruídos que será implantado nos apartamentos. “Não só traz um conforto acústico, como melhora o conforto térmico no interior do ambiente”, explicou.
Ele também entende que um dos destaques da obra tem a ver com a preocupação proteger o Meio Ambiente. “Nós temos o reuso de água e também a retenção de água da chuva”, lembrou. “Este é um sistema ainda pouco utilizado. Primeiro empreendimento que vai contar com estes benefícios”, enfatizou. Ele acredita que “são pouquíssimos no Brasil” os empreendimentos que tem esta preocupação com o Meio Ambiente.
A obra
O Avenida Parque Resort Residence vai possuir cinco torres de 28 pavimentos, sendo: 25 pavimentos tipo, um pavimento térreo e dois subsolos. Cada torre terá três elevadores. Na torre C, haverá apartamentos de 99,75 m2, com três quartos, sendo duas suítes; e opção para duas ou três vagas de garagem. As torres A, B, D e E serão compostas por apartamentos de 88,68 m2, com três quartos, sendo uma suíte; e duas vagas de garagem. Nestas quatro torres também haverá apartamentos de 66,65 m2, com dois quartos, sendo uma suíte; e opções para uma ou duas vagas de garagem.
Áreas comuns
Piscinas infantis e para adultos serão construídas no Avenida Parque Resort Residence, além de um salão de jogos, churrasqueiras, playgrounds, academia com 154,12 m2 equipada, campos de futebol; quadras de peteca, vôlei e areia e espaço gourmet. Um Espaço Mulher para as moradoras, salas de cinema e uma brinquedoteca também vão fazer parte da obra.
Correção ecológica
Uma das preocupações da Emisa foi a de contribuir para a preservação do Meio Ambiente. A empresa apresentou uma série de medidas tomadas que visam atingir este objetivo. Conforme informações da empresa, estas ações gerarão economia para os moradores. A área verde do condomínio chegará a aproximadamente 16 mil m2. Haverá também três lagos contemplativos.
• Sistema de tratamento com capacidade para 1 milhão de litros de águas cinzas (provenientes de chuveiros e lavatórios) por mês, que serão reutilizados para irrigação dos jardins, limpeza das áreas comuns e alimentação dos lagos ornamentais. A água reciclada também será utilizada para a descarga nos vasos sanitários;
• Pavimentação das ruas em ‘Paver’, o que possibilita uma maior infiltração de água da chuva no solo;
• Águas da chuva serão captadas dos telhados e enviadas para reservatórios subterrâneos para devolução à natureza (solo), através de infiltração, prevenindo enchentes;
• Utilização de lâmpadas eletrônicas de baixo consumo de energia;
• Instalação de sensor de presença para diminuir a utilização de energia elétrica.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Festival fecha o ano com música independente e Pablo Vittar

15/12/2017

O Festival Paralelo Sonoro realiza sua 9ª edição neste ano entre os dias 17 a 23 de dezembro, em Anápolis, Goiás. O foco...

Projeto Criar e Tocar forma nova turma de músicos

15/12/2017

Na última segunda-feira, 11, foi realizada a formatura dos alunos do Projeto Criar e Tocar que concluíram suas atividades e...

Crianças ganharão brinquedos novos

15/12/2017

Vem aí mais uma edição do programa Show de Natal, que faz a entrega de 1 milhão de brinquedos, no mês de dezembro, às c...

IFG oferece cursos com o ensino médio

15/12/2017

Uma boa oportunidade para quem deseja estudar e aprender uma profissão, ao mesmo tempo. Foram abertas as inscrições para o...