(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Autoridades temem surgimento de cracolândias em Anápolis

Geral Comentários 21 de outubro de 2012

Genarc apreendeu este ano mais de 1,2 mil toneladas de drogas. O número é recorde, mas causa preocupação às autoridade do setor


Mais de 1,2 tonelada de drogas foram apreendidas pelo Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) este ano. O número é recorde e preocupante, segundo o delegado da especializada, Alex Vasconcelos, que participou na última terça-feira,16, de um encontro com vereadores no plenário da Câmara Municipal, juntamente com o comandante do 3º Comando Regional da Polícia Militar (CRPM), coronel Alexandre Elias e o comandante da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), major Jackson Luzo. A iniciativa da reunião foi do vereador Valmir Jacinto (PTC).
Ainda de acordo com o titular do Genarc, somente este ano 150 pessoas foram presas por tráfico de drogas, 41 por associação para o tráfico, 13 por formação de quadrilha e 68 por porte ou posse ilegal de arma de fogo.
Em entrevista ao CONTEXTO, o Coronel Alexandre Elias, do 3º CRPM, disse que o índice de violência da cidade nem de longe pode ser comparado ao dos grandes centros como o Rio de Janeiro e São Paulo, mas existem situações preocupantes. “Em nossa cidade, já se encontra locais que existe algumas concentrações de dependentes químicos, e isso nos preocupa, mesmo não tendo ainda a dimensão de uma cracolândia”, destacou.
Segundo o comandante do 3º CRPM, as ações para barrar o surgimento das chamadas cracolândias não dependem somente de ação das policias militar e civil, mas devem contar com a parceria efetiva do poder público, através das áreas de saúde, social, dentre outras. “Afinal, não basta fazer a abordagem em flagrante, é preciso que um trabalho seja desenvolvido com os usuários após a ação da polícia. Essas pessoas carecem de um encaminhamento social para saírem dessa situação de escravidão das drogas. Todos nós, a sociedade, principalmente, tem que unir para melhorar o resultado desta problemática”, conclama. Para o coronel Alexandre Elias, a abstinência não termina com a chegada da polícia, ela é provocada pela suspensão do uso de algumas substâncias causando elevado grau de sofrimento mental e físico, fazendo com que os usuários percam a sanidade e o controle de si mesmos. E, não havendo um atendimento a contento com os usuários, logo os mesmos estarão nas ruas consumindo drogas.
Em relação à deficiência de efetivo, o comandante do 3º CRPM informou que está saindo o edital para o concurso. Entretanto, alertou para a necessidade de união de forças entre as autoridades locais, no sentido de sensibilizar o Governador Marconi Perillo para que parte dos policiais a serem incorporados à tropa sejam encaminhados para Anápolis, pois há informações de que esse novo efetivo será aproveitado na região metropolitana de Goiânia e no Entorno de Brasília. A Regional abrange Anápolis e outros 21 municípios.
“Acreditamos que o trabalho da Polícia Militar e da Polícia Civil continue acumulando créditos junto à população. A seriedade da equipe nos tranquiliza e faz com que possamos viver em uma sociedade melhor. É de grande importância continuar este debate sobre melhoria da segurança pública, juntamente com todos os setores envolvidos. A cidade dá um grande exemplo no sentido de que precisamos dar as mãos para resolver os problemas, em especial, o das drogas”, reforçou o coronel Alexandre Elias.

Autor(a): Diego Bartelli

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...