(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Autor de homicídios em Anápolis e Santos é preso

Violência Comentários 13 de fevereiro de 2015

Grupo de Investigação de Homicídios cumpriu mandado de prisão de Marcos Antônio Christino, que cometeu um assassinato em 2014. Após contato com a Polícia Civil de São Paulo, descobriu-se que o autor já havia cometido um homicídio em Santos, litoral paulista


O Grupo de Investigação de Homicídios da Polícia Civil de Anápolis (GIH) realizou nesta terça-feira, 10, em Niquelândia, a prisão de Marcos Antônio Christino, vulgo Paulista, por homicídio qualificado e uma tentativa de homicídio, crimes ocorridos em meados de 2014. Responsável pelo caso, o delegado-adjunto do GIH, Vander Coelho, afirmou que, “(à época), o crime foi motivado pela disputa pelo tráfico de drogas na região do Conjunto Filostro Machado. Marcos, que já praticou um homicídio na cidade de Santos, em São Paulo, veio para Anápolis no ano de 2014 e passou a invadir o território que, até então, era comandado por Alessandro da Conceição Santos, vítima de homicídio consumado; e Waliston Moreira dos Santos, vítima da tentativa de homicídio”.
No dia 21 de junho do ano passado, conforme o relato da Polícia Civil, Marcos Antônio estava em companhia de Renato Pereira, este foragido. Os dois foram a um bar na região do Filostro, local em que se encontravam Alessandro e Waliston. Marcos efetuou vários disparos de arma de fogo e fugiu do local com a ajuda do comparsa. Após o cumprimento do mandado de prisão, o GIH entrou em contato com a Polícia Civil de São Paulo, onde ele havia praticado um homicídio qualificado, em Santos. De acordo com o órgão paulista, o autor dos crimes respondia ao processo em liberdade.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Operação conjunta prende suspeitos de homicídios

10/08/2017

Operações realizadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil, de Anápolis e Luziânia, cumprir...

O que mudou 11 anos depois de aprovada a Lei “Maria da Penha

03/08/2017

Embora se admita que o sexo feminino tenha experimentado mais poderes na última década, a Lei Maria da Penha, que completar...

Índice de mortes violentas ainda assusta a população anapolina

28/07/2017

A aparente tranquilidade que vinha sendo registrada no que diz respeito aos crimes contra a vida, em Anápolis, foi interromp...

Vereador do PSDB alerta sobre onda de assaltos em farmácias

06/07/2017

Os proprietários e funcionários de farmácias de Anápolis vivem com medo com a frequência de assaltos nos estabelecimento...