(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Audiência vai discutir o Estatuto do Desarmamento

Geral Comentários 20 de outubro de 2017

Inscrições foram prorrogadas e agora poderão ser feitas até o dia 10 de novembro


O Ministério Público Federal em Goiás (MPF) prorrogou o prazo das inscrições para os interessados em assistir à audiência pública com o tema “Segurança Pública e Estatuto do Desarmamento”. O prazo final das inscrições, que era até o dia 20 de outubro, passa agora para o dia 10 de novembro. Representantes de órgãos, instituições, associações, movimentos sociais e cidadãos podem inscrever-se mediante solicitação, por escrito, dirigida ao 3° Ofício do Núcleo de Tutela do MPF em Goiás, por meio do endereço eletrônico “prgo-gabinetedrailtonbenedito@mpf.mp.br”. O resultado das inscrições tornar-se-á público mediante publicação de edital, em até cinco dias antes da realização da audiência.
O evento, que ocorrerá no próximo dia 21 de novembro, tem por objetivo reunir informações que embasarão Inquérito Civil (IC) instaurado em março deste ano, em que o MPF apura ações ou omissões ilícitas da União, por intermédio do Ministério da Justiça e da Polícia Federal, relativamente ao cumprimento dos requisitos impostos aos cidadãos para o comércio e registro de armas.
De acordo com informações preliminares apuradas no IC, cidadãos encontram enormes dificuldades para adquirir e registrar armamento de uso permitido em todo o território nacional, embora a legislação possibilite o comércio e registro legal de armas de fogo, desde que o interessado cumpra uma série de requisitos legais.
Para o procurador da República Ailton Benedito, o tema integra a defesa dos direitos fundamentais insculpidos na Constituição Federal, especialmente à vida, à liberdade, à propriedade e à segurança pública. Para o procurador, a Administração Pública tem colocado entraves para a aquisição e o registro de armas de fogo, mesmo aos cidadãos que cumpram rigorosamente o previsto no Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/2003) e no decreto que o regulamenta (Decreto nº 5.123/2004).

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Cartões do Renda Cidadã estão no radar do MPF

20/04/2018

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO), por meio de sua Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), instaurou, na últi...

Memorial resgata parte da história do classismo e da economia local

20/04/2018

Um acontecimento casual levou à descoberta de um acervo importante para o resgate da história da Associação Comercial e I...

Mãe se diz punida, apenas, pelo seu inconformismo

20/04/2018

Desde a morte do filho, Paulo Gabriel Lopes Tonetto, ocorrida em novembro de 2014, quando o mesmo contava, então, com 24 ano...

PRF se engaja em campanha “Eu sou do bem, Eu sou de Deus”

20/04/2018

Na manhã da última quarta-feira, 18, mais um passo importante foi dado para tornar nacionalmente difundida a campanha “Eu...