(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Audiência pública sobre a Base Aérea acontece no dia 22

Geral Comentários 19 de outubro de 2013

Outros atos estão sendo articulados para sensibilizar o Governo Federal a apressar a renovação da frota da FAB


A audiência pública que vai discutir o futuro da Base Aérea de Anápolis, com a desativação dos caças Mirage 2000, em dezembro próximo, teve mudança no local de realização, do plenário da Câmara Municipal, para o auditório do SENAI. O horário de início permanece o mesmo, às 09 horas. Os detalhes do evento foram fechados durante reunião ocorrida na última terça-feira, 15, pelo grupo formado por representantes de várias entidades da sociedade civil organizada e membros honorários da Força Aérea Brasileira.
A preocupação não é com o fechamento da Base Aérea, mas com a sua operacionalidade a partir do próximo ano, em razão de que, ainda, segue indefinido o Projeto FX-2, para a aquisição de novas aeronaves para a renovação da frota da Força Aérea Brasileira. O objetivo principal, portanto, é fazer com que o Governo Federal se sensibilize e apresse a compra dos novos aviões.
Todos os estudos técnicos referentes à compra dos novos modelos já foram concluídos pela Aeronáutica. A decisão está, agora, nas mãos da Presidente Dilma Rousseff e exige uma série de questões relevantes como a transferência de tecnologia e outras questões relacionadas à negociação que, nestes casos, são feitas entre os governos dos países envolvidos.
Presente à reunião passada, Juliano Rocha Dantas, do Conselho da Associação de Diplomados da Escola Superior de Guerra, disse ao CONTEXTO que a Base Aérea de Anápolis está entre as unidades operacionais da FAB mais importantes do País, dela dependendo os sistemas de defesa e de vigilância como o Sivam. “Esta Base tem uma importância estratégica muito grande no contexto de toda a América do Sul”, ressaltou, acrescentando que, com a ausência do projeto FX, corre-se o risco de a defesa ficar um pouco mais desguarnecida. “Dessa forma, acho que o povo anapolino está expressando um legítimo anseio em fazer esta discussão e cobrar que o Governo implante logo o Projeto FX”, ressaltou.


Outras ações
Além da audiência pública realizada pela Câmara Municipal no próximo dia 22, véspera do Dia da Força Aérea e Dia do Aviador (23 de outubro), outras ações já estão sendo planejadas, dentro da estratégia de chamar a atenção do Governo e das autoridades do setor para a questão. Uma delas será a realização de um ato público de homenagem aos “Dijon Boys”, integrantes do primeiro grupo de pilotos da então 1ª. Ala de Defesa Aérea (Alada), que mais tarde foi transformado no 1º Grupo de Defesa Aérea (GDA). Os “Dijon Boys”, treinados na França, formaram, portanto, a primeira geração dos Jaguares, como são conhecidos os pilotos dos caças sediados na BAAN. Além disso, haverá outro debate, desta vez, envolvendo autoridades políticas. A UniEvangélica, também, fará uma Mesa de Debate sobre o tema. De acordo com o juiz Carlos Limongi Sterse, que é membro honorário da FAB e um dos principais articuladores do movimento da sociedade civil, a intenção é, realmente, dar repercussão a essa questão, pois a preocupação é que, no intervalo de tempo para a troca dos aviões de caça, haja uma perda de conhecimento, de tecnologia e de disciplina militar. “Não podemos mais perder tempo”, enfatizou, reforçando o convite para que a população prestigie e participe da audiência pública. “Será um marco importante, com certeza, para Anápolis e para a Base Aérea, que queremos que continue ainda mais forte”, disse.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...