(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Atlas Escolar envolve escolas e universidades

Educação Comentários 08 de novembro de 2018

Projeto piloto foi desenvolvido nas escolas municipais Lindolfo Pereira da Silva e Dona Alexandrina


A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, e as universidades Estadual de Goiás (UEG) e Federal de Goiás (UFG), desenvolveram um projeto de parceria que culminou na elaboração do primeiro Atlas Escolar de Anápolis, que visa atender aos alunos e professores da rede municipal de ensino. A princípio, cerca 350 exemplares foram impressos, mas a ideia é ampliar para toda a rede.
O atlas municipal foi desenvolvido pelos professores Ícaro Felipe, Loçandra Borges, Míriam Aparecida e Wânia Chagas. O grupo busca colaborar com a valorização dos aspectos regionais, disponibilizando informações como a história do município, com detalhes relacionados aos bairros, clima, relevo, hidrografia, vegetação, transporte urbano, Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) e da Ala 2 (Base Aérea).
Há mais de 20 anos o grupo desenvolve este trabalho direcionado para municípios brasileiros, visto que existem poucos registros detalhados de cidades. “Desenvolvemos o projeto piloto na Escola Lindolfo Pereira da Silva e na Escola Municipal Dona Alexandrina. Fizemos encontros semanais ao longo do semestre que teve como fruto a construção coletiva do atlas”, explicou uma das idealizadoras do projeto, Miriam Aparecida Bueno.
O trabalho é uma ferramenta que expandirá as possibilidades de aprendizagens, por meio da assimilação socioambiental. E os alunos da Escola Municipal Dona Alexandrina concordam! O Eduardo Henrique, de 12 anos, contou que a sua turma já fez várias atividades com o livro. “Fizemos resumos dos textos, contextualizamos sobre ele, entre várias outras coisas. Tem nos dado muito apoio dentro da sala de aula”, disse o estudante.
A Ana Clara Silvério, de 11 anos, disse ainda que o atlas é um documento para a população. “O atlas é um documento muito importante para nós, porque nos ajuda na escola e é um símbolo para Goiás. Ele fala sobre as belezas de Goiás, Anápolis e região. A nossa vida também está ali, porque tem coisas que nossos avós e pais já vivenciaram”, argumentou.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Educação

Inscrições abertas para o curso de capacitação

16/11/2018

Por meio do acordo de cooperação acadêmica conduzido pelo Núcleo de Assuntos Internacionais - NAI da UniEVANGÉLICA e a U...

UniEVANGÉLICA promoveu a sua XXV Jornada Jurídica com sucesso

16/11/2018

A XXV Jornada Jurídica do Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA, realizada nos dias 13 e 14 de novembro, celeb...

Atlas Escolar envolve escolas e universidades

08/11/2018

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, e as universidades Estadual de Goiás (UEG) e Federal de Goiás...

Pesquisadores da UniEVANGÉLICA realizam trabalho inédito no Direito

02/11/2018

O Núcleo de Pesquisa em Direito da UniEVANGÉLICA (NPDU) realiza há quatro meses um trabalho inédito para uma instituiçã...