(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Associação usa arte e fé em prol do bem

Geral Comentários 10 de junho de 2016

Produção artesanal de dependentes químicos ajuda arrecadar recursos para auxiliar famílias que estão na linha de pobreza extrema


A Associação Mãos Amigas- Inclusão Social e Direitos Humanos- vem desenvolvendo um trabalho diferenciado em Anápolis, incentivando as pessoas que estão em tratamento contra a dependência de álcool e drogas a desenvolverem suas habilidades pessoais. Com isso, elas podem vender ou doar os objetos da produção pessoal e também serviços. A associação vende esses produtos e serviços e, com o dinheiro arrecadado, a ajuda pessoas carentes de diferentes formas, seja com doação de cestas básicas, roupas e até apoio na área de saúde, jurídica e previdenciária.
O trabalho foi idealizado pelo pastor Ivanildo Silva. Segundo ele, a Associação mantém parceria com várias clínicas de recuperação, “onde nós temos pessoas que possuem talento para o artesanato e para trabalhar em uma série de outras atividades”, observa, acrescentando que o principal foco são os trabalhos manuais, com destaque para a produção de peças em madeira.
Num caso recente, a Associação Mãos Amigas angariou recursos e deu suporte para viabilizar o tratamento de uma criança diagnosticada com hidrocefalia. A família, muito carente, não tinha como bancar o tratamento e, depois de receber a ajuda, hoje o bebê tem uma qualidade de vida muito melhor. “Isso é o que nos gratifica”, destaca Ivanildo Silva, informando que, hoje, a entidade está instalada dentro de suas residência e tem oi suporte da Igreja Pentecostal Resgatando Vidas, localizada no alto da Bela Vista.
A mulher de Ivonildo, Wanessa Cristina Alves, é quem preside a associação e coordena uma outra vertente das ações, que são os cursos de formação, inicialmente, em três áreas: artesanato, manicure e informática. Dayane, a filha do casal, de 15 anos de idade, é também voluntária. É ela a responsável pela divulgação da entidade, feita através de uma página no Facebook. Além disso, está sendo planejada a montagem de um site, para dar mais visibilidade aos trabalhos.
Para o Pastor Ivonildo, o exemplo de Dayene deveria ser seguido por muitos outros jovens da idade dela, já que é uma forma de construir por uma sociedade melhor. “Nós procuramos, através da associação, dar uma mão às pessoas que estão em extrema dificuldade. Com muito pouco, a gente consegue fazer muito para essas pessoas e tudo direcionado com a palavra de Deus”, reforçou Ivonildo, ponderando que a assistência espiritual é uma vertente fundamental de todo trabalho realizado.

Serviço
Associação Mãos Amigas
Central de Doações:
Avenida Paraguai Qd. I Lt.11-A
Alto da Bela Vista
Contatos
Pasgtor Ivonildo: (62) 9490-0176
Wanessa: (62) 9342-6182
E-mail: inclusãosocialmaosamigas@gmail.com

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...