(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Apesar da crise, Prefeitura prevê aumento da arrecadação

Cidade Comentários 21 de maio de 2015

Proposta estima receita e despesa para o exercício de 2016 em mais de R$ 1,170 milhão


A proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016, encaminhada pelo Prefeito João Gomes à Câmara Municipal, prevê um aumento de cerca de 10,26% em relação à estimativa de receitas e despesas que foi fixada na LDO do atual exercício, ou seja, de 2015. As receitas e despesas para o ano que vem estão estimadas em R$ 1.170.769.175,88. A LDO é uma das peças que compõem o Orçamento e abrange os poderes Executivo (administração direta, indireta, fundos e autarquias) e Legislativo.


Conforme o texto encaminhado pela Prefeitura, a fixação dos valores da LDO de 2016 levou em consideração o comportamento da receita nos três exercícios encaminhados: 2012, 2013 e 2014, bem como a previsão de receita a ser alcançada no exercício de 2015, “tendo como cenário a situação econômica do País”. O chefe do Executivo argumenta que a proposta tem em seu bojo “recursos de importância significativa para várias modalidades de convênios que o Município pretenderá junto aos órgãos estaduais e federais, visando o crescimento econômico e social, assim como a realização de obras de infraestrutura urbana”.


Conforme o projeto, ao qual o Jornal Contexto teve acesso, os valores da receita total prevista, tiveram um crescimento significativo, sendo que nos anos de 2012, 2013 e 2014, os valores arrecadados foram, respectivamente, de R$ 706,2 milhões; R$ 761,8 milhões e R$ 804,6 milhões. Na LDO deste ano, o valor previsto foi de R$ 1,061 bilhão. E, em 2016, o valor é de R$ 1,170 bilhão. A previsão continua otimista para os dois anos seguintes, com previsão de receita de R$ 1,236 bilhão para 2017 e R$ 1,307 bilhão para 2018.


Chama a atenção, na proposta, o crescente aumento na arrecadação tributária, que passará de R$ 178,2 milhões (LDO 2015) para R$ 230,1 milhões (LDO 2016). Dentro da arrecadação tributária, a estimativa de receita com o IPTU/ITU deverá ter um aumento nominal de mais de R$ 9,2 milhões, saltando de R$ 42,7 milhões (LDO 2015) para R$ 52 milhões (LDO 2016). Já a receita com o ISS, que segue superando a do IPTU/ITU, tem previsão de ser elevada de R$ 48,7 milhões para R$ 68 milhões, um aumento nominal de R$ 19,2 milhões. A receita do ITBI, hoje prevista em R$ 17,9 milhões, deverá, em 2016, atingir a previsão de R$ 25 milhões.


Com relação às transferências de recursos da União, o valor previsto na LDO atual é de R$ 205,2 milhões e, na estimativa de 2016, deve subir para R$ 216,9 milhões, ou seja, cerca de R$ 10 milhões. O repasse do ICMS deve ter uma elevação um pouco menor, subindo de R$ R$ 233,3 milhões (LDO 2015) para R$ 250 milhões (LDO 2016).


 


Saúde e educação


De acordo com a proposta da LDO, o Município estima obter, em 2016, a título de transferências do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - Fundeb, o montante de R$ 113,6 milhões. Além de outros R$ 7,1 milhões de transferências vinculadas ao setor. As transferências da União, vinculadas à saúde, estão estimadas em R$ 115,7 milhões. A transferência do Fundo de Participação do Município está estimada em R$ 72 milhões.


 


Tramitação


O presidente da Mesa Diretora, Lisieux José Borges (PT), informou que no momento, a proposta da LDO 2016 se encontra em tramitação nas comissões técnicas da Casa e vai passar pela avaliação dos membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação e a Comissão de Finanças e Orçamento, que é a comissão de mérito, à qual deverão ser apresentadas as emendas dos parlamentares.


De acordo com Lisieux Borges, a LDO deve ser votada até, no máximo, o dia 17 de junho, quando a Câmara Municipal entra em recesso. Caso isso não ocorra, será necessário fazer convocação extraordinária para a votação da matéria.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...