(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anunciada reunião entre Prefeito e servidores para dia 10

Geral Comentários 08 de outubro de 2018

Principal reivindicação da categoria é para o reajuste salarial. Município, entretanto, aguarda sair da limite prudencial da folha


O vereador Jakson Charles (PSB) informou, em discurso na tribuna da Cãmara Municipal, na última quarta-feira,03, que o prefeito Roberto Naves (PTB) irá receber os sindicatos que representam os professores e os funcionários da administração centralizada no próximo dia 10, a partir das 9h, para ouvir a categoria e abrir um diálogo para atendimento das demandas.
O líder do prefeito direcionou sua fala aos membros do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (Sinpma) e do Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de Anápolis (SindiAnápolis), presentes na Câmara, em manifestação contra o Executivo.
“Falo aos senhores e senhoras em respeito à deferência que essa Casa tem com o servidor anapolino, ao reconhecer a importância da prestação do serviço para o cidadão”, iniciou Jakson. Ao informar da reunião agendada com o prefeito, o vereador se colocou à disposição dos sindicatos para também ser um elo entre as entidades e o Executivo, quando necessário.
Jakson falou ainda de reunião entre o prefeito e o Sinpma no primeiro semestre, quando ficou definido que os pedidos da categoria serão atendidos quando o limite de gasto com pessoal da administração municipal chegar a 51,3% do total da receita. Ele salientou que esse índice está próximo, pois na recente última prestação de contas foi apontado 51,93%. “No semestre passado estava em 52,68%”, completou. Segundo ele, sem esse índice a gestão está proibida de conceder qualquer ganho salarial, inclusive por definição de resolução do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).
“O acordo do prefeito com os professores foi que ao chegar a 51,3%, ele vai chamar o sindicato e cumprir com as promessas daquela reunião. A expectativa é que se chegue nesse limite prudencial ainda neste mês”, ressaltou Jakson Charles.
O vereador do PSB comentou ainda que o Plano de Cargos para os docentes é uma lei fantástica, que resgatou a autonomia da categoria, mas que talvez pela pressa quando foi feita, há pontos falhos e que devem ser corrigidos, para que os próprios servidores não sejam prejudicados.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA promove IV Semana Internacional

18/10/2018

A UniEVANGÉLICA irá realizar de 22 a 26 de outubro a 4ª edição da sua Semana Internacional, com o tema: ‘Um mundo mais...

Cemitérios são preparados para o Dia de Finados

18/10/2018

Em meio às atribulações do dia a dia, milhares de pessoas farão uma pausa em 2 de novembro, Dia de Finados, para homenage...

Estradas vicinais recebem melhorias

18/10/2018

Os produtores e moradores da zona rural têm experimentado mais tranqüilidade e segurança ao transitar pelas estradas vicin...

Enel é obrigada a religar energia a residência em Anápolis

18/10/2018

Em Anápolis, juiz Eduardo Walmory Sanches, da 1ª Vara Cível, determinou que a Enel Distribuição Goiás, restabeleça o f...