(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis terá novo hospital com mais de 100 leitos

Saúde Comentários 03 de novembro de 2016

Unidade particular deve entrar em funcionamento já a partir de 2017, contanto com UTIs e 100 leitos de internação de pacientes


Anápolis recebe, a partir de 2017, um centro de especialidades médicas que promete mudar o conceito de saúde na cidade. Nascido do sonho de um grupo de empreendedores, o Ânima Centro Hospitalar vem suprir a crescente necessidade de uma unidade que atenda o paciente de forma integral e humanizada.
Quando em atividade, o Ânima contará com 13500 metros quadrados, divididos em 11 salas de cirurgia; pronto atendimento adulto e infantil; três Unidades de Terapia Intensiva (UTIs); 100 leitos de internação; centro médico com 32 consultórios; laboratório próprio; centro diagnóstico completo com ressonância magnética, tomografia computadorizada, raio-X, ultrassonografia , mamografia, dentre outros exames em diversas especialidades, além de 200 vagas de estacionamento
Os serviços de alta e média complexidade também serão oferecidos à população, além de equipamentos de última geração que possibilitam intervenções imediatas em doenças e a redução de morbimortalidades em infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC).
De acordo com o diretor do Centro Hospitalar, o médico Luiz Cláudio Resende, a intenção é que o paciente possa ser atendido em todas as especialidades. "O diferencial do hospital é a grande estrutura que dá a possibilidade do paciente ambulatorial resolver todos os seus problemas em um só lugar, diminuindo o stress da locomoção em diversos centros de saúde, economizando tempo, dessa forma”, explica.
Um dos facilitadores para a economia de tempo e a precisão diagnóstica é o moderno sistema de informática, que armazenará os dados dos pacientes, interligando-os entre as diversas especialidades médicas em que forem consultados.
Resende conta que todos os serviços do Ânima foram pensados para trazer qualidade e precisão ao atendimento. Tais cuidados se iniciam com uma equipe qualificada, contando com profissionais de todas as especialidades, alguns provenientes de grandes centros de estudo, provenientes de Anápolis e outros estados.
O projeto conta com estrutura arquitetônica nos padrões sanitários internacionais e já foi aprovado pela vigilância sanitária, seguindo os moldes do que se tem de melhor no padrão de segurança do paciente, como ar condicionado central com filtros antibacterianos e leitos de isolamento com pressão negativa.

Denominação
Originada do latim, Ânima, significa “alma”, ou seja, "o que anima", a fonte da vida de cada organismo. Dentro dessa perspectiva, o nome do centro de saúde surgiu do desejo de se construir uma unidade onde o paciente fosse realmente entendido em sua plenitude, sendo respeitado enquanto um princípio inteligente, possuidor de sensibilidade, emoções, fragilidades. “No nosso hospital, o indivíduo será tratado como alguém que tem alma, não simplesmente um corpo doente, isso é a humanização em sua manifestação mais plena”, enfatizou Luiz Cláudio.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Faculdade promove campanha educativa

24/11/2017

Em novembro, a Faculdade Fama realiza uma ação, em parceria com a Prefeitura de Anápolis e apoio de empresas, voltada para...

Nova força-tarefa para combater a dengue, zika e chikungunya

16/11/2017

Durante solenidade realizada no Teatro Municipal, na última terça-feira,14, o Prefeito Roberto Naves reuniu dezenas de repr...

Dengue - Redução de casos economiza R$ 3,6 mi

09/11/2017

Com a chegada do período chuvoso, a Prefeitura de Anápolis volta a intensificar os cuidados com a dengue, chikungunya e zik...

Anápolis vai sediar campanha para doação de medula óssea

03/11/2017

Jovens e mães, Eva e Karise são duas amigas que enfrentam o mesmo problema: a leucemia. Eva Araújo, ex-servidora da Prefei...