(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis terá Balada Responsável no feriadão

Polícia Comentários 24 de maro de 2016

Principal alvo das operações, que ocorrerão em diversos municípios- será o cumprimento da Lei Seca


Na tentativa de reduzir o número de acidentes causados pela combinação álcool e direção, o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, leva o programa Balada Responsável a municípios goianos durante o feriadão da Semana Santa – de 24 a 27 de março. As equipes atuarão na Região Metropolitana de Goiânia e em cidades que, tradicionalmente, recebem grande número de turistas nos feriados prolongados.
Além de Goiânia, Anápolis, Senador Canedo, Trindade e Aparecida de Goiânia, o programa Balada Responsável será realizado em Pirenópolis, Quirinópolis e Caldas Novas. Esses municípios receberão equipes de educadores de trânsito, que farão o trabalho de conscientização com os visitantes em bares, restaurantes e shows; e equipes de fiscalização, que atuarão nas blitzen. Mais de 100 profissionais, entre servidores do Detran-GO e policiais militares, trabalharão na operação.

Fiscalização
O foco das blitzen do programa é o cumprimento da Lei Seca, mas, durante os trabalhos, são observadas todas as questões inerentes ao trânsito e à segurança pública. Para uma viagem segura, o condutor deve verificar as condições do veículo antes de sair de casa, evitar viajar à noite, respeitar a sinalização de trânsito e só realizar ultrapassagem com segurança e em locais permitidos. O período chuvoso também exige que o motorista tenha cuidado redobrado.
O Detran adverte que dirigir embriagado é crime. O motorista que não obedece à Lei Seca coloca em risco a sua vida e a vida dos outros. Quem for flagrado conduzindo veículo sob o efeito de álcool pode sofrer punição administrativa e ainda ser enquadrado em crime de trânsito.
Com as mudanças na lei, se o condutor fizer o teste do etilômetro e o aparelho detectar valor igual ou superior a 0,05 miligramas por litro de ar, ele será autuado conforme o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Na autuação administrativa, o condutor terá que pagar multa no valor de R$ 1.915,40, que pode dobrar em caso de reincidência, terá a CNH recolhida e responderá processo que pode resultar na suspensão de 12 meses do direito de dirigir. O veículo também fica retido até que seja apresentado um outro motorista habilitado.
A resolução também estabelece que, caso seja constatado pelo bafômetro valor igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar (descontada a margem de erro) ou se o exame de sangue marcar resultado igual ou superior a seis decigramas de álcool por litro de sangue (6 dg/L), o motorista será enquadrado em crime de trânsito. Além das punições administrativas, ele será preso em flagrante, podendo pegar de seis meses a três anos de detenção.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Polícia

Homem queria lucrar R$ 10 mil com venda de crack

29/03/2018

Na noite desta terça-feira, dia 27/03/2018, a Polícia Civil de Anápolis, através do Grupo Especial de Crimes Patrimoniai...

Condenações por abuso sexual e troca de cadáveres

16/03/2018

Um homem, cujo nome tem as iniciais P.A.S. (a identidade completa não foi fornecida), tio de uma criança de quatro anos de ...

Cão da PRF descobre droga

01/03/2018

Com frequência, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), faz apreensões de drogas em ônibus que cruzam a região de Anápolis...

Preso casal acusado de matar criança

15/02/2018

A morte de uma criança do sexo masculino (identidade preservada) ocorrida na última quarta-feira, 14, deixou a comunidade a...