(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis tem redução de 80% nos casos de dengue em relação a 2016

Saúde Comentários 10 de fevereiro de 2017

Em quatro semanas de força-tarefa foram visitados mais de 208 mil imóveis para eliminar os focos do mosquito


Promovida pela Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a campanha “Sai Zika! Chega de dengue” realiza uma grande força-tarefa contando com multiplicadores como a sociedade civil e organizada, igrejas, entidades e ONGs. E os primeiros resultados já foram obtidos, neste primeiro mês houve uma redução de mais de 80% dos casos notificados em relação a janeiro de 2016.
Segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, em janeiro de 2016 foram notificados 1.675 casos de dengue, já em janeiro de 2017, foram registrados apenas 327 casos, redução de 80.48% ou uma média de 55.83 casos por dia em janeiro de 2016 para 9.5 casos por dia em 2017.
Em quatro semanas de força-tarefa foram visitados mais de 208 mil imóveis para eliminar os focos do mosquito. Destes, em 455 foram encontrados focos, que correspondem a 0,26% do total. A taxa está abaixo do 1% estipulado como crítico pelo Ministério da Saúde, o que mostra que a cidade está abaixo desse percentual, o que representa um resultado positivo.
A meta da administração municipal é visitar todo o município, principalmente, nos meses considerados mais críticos com períodos chuvosos. Já, durante a estiagem, a Prefeitura vai até os bairros com maior número de casos para conscientizar a população. Ou seja, informar que ela é responsável pela vedação adequada da caixa d’água, e pela limpeza desta e do quintal, colocação do lixo ou de qualquer recipiente que acumule água em local correto, higiene das vasilhas dos animais e evitar jogar lixo nas ruas.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Luzia Cordeiro, os dados são positivos, no entanto é preciso reduzir ainda mais e isso só é possível com a colaboração de toda à população. “Se cada pessoa tirar apenas dez minutos por dia para olhar a vizinhança, sua casa, o local de trabalho e eliminar a água parada, diminuiremos bastante os casos de dengue”, completou.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Goiás avalia início da vacinação

20/04/2018

Devido ao aumento do número de casos de SRAG em Goiás, o Ministério da Saúde antecipou a Campanha de Vacinação contra I...

Vacinação começa nesta sexta-feira nas unidades de saúde

13/04/2018

Começa nesta sexta-feira, 13, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 na rede municipal de saúde. Idosos, trabalhador...

Relaxe os músculos

05/04/2018

No final do dia, a coluna, os ombros e o pescoço estão tão tensos que parecem ter carregado sacos de areia. Com o tempo, e...

Reforma da UPA entra para a reta final de obras

29/03/2018

Em fase final, a reforma da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Esperança será concluída dentro de 15 dias, e vai ...