(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis no alvo dos grandes torneios do tiro prático no País

Especial Comentários 26 de junho de 2015

Evento trouxe para o Município cerca de 260 atiradores, vindos de vários estados brasileiros. Grande estrutura foi montada para receber a competição


A Associação de Tiro Esportivo de Anápolis (Atire) sediou a vigésima oitava edição do Campeonato Brasileiro de IPSC (sigla em inglês da International Practical Shooting Confederation) 2015, organizado pela Federação de Tiro Prático de Goiás (FTPGO) e a Confederação Brasileira de Tiro Prático (CBTP). As disputas ocorreram na sede do clube, que fica próximo ao Distrito de Joanápolis. Uma grande estrutura foi montada no local para receber os mais de 260 inscritos, vindos de vários estados brasileiros e do Distrito Federal.


Maurício Hellou, secretário da Atire, explicou que o campeonato é disputado em divisões - com a separação dos atletas por tipo de armamento - e por categorias, para efeito de premiação. As divisões são: Open, Standard, Revolver e Production. Já, as categorias estão classificadas em damas (ladies), júnior, sênior e super sênior. Para as provas do Brasileiro - continuou - foi elaborado um circuito de 14 pistas, pelas quais passaram todos os competidores. O atleta teria que apresentar o máximo de precisão no menor tempo possível. Para cada competidor, a média foi de 280 disparos. Ou seja, mais de 72 mil disparos/dia.


Para o empresário Edson Tavares, ex-presidente da Atire, Anápolis foi brindada com uma competição de elevado nível, que trouxe os melhores atiradores do País, inclusive, alguns já com títulos conquistados internacionalmente. Ele destacou que foi preparada uma estrutura à altura para receber os competidores que em nada ficou devendo a outros torneios nacionais ou até internacionais. “Ficamos imensamente felizes com este evento que colocou Anápolis na rota do tiro prático do Brasil”, comemorou.


Além de participar da competição, Edson Tavares registrou o evento entrevistando todos os atores envolvidos, levantando questões importantes como a popularização do tiro prático, com medidas de incentivos fiscais para baratear os custos dos competidores, principalmente, a respeito de munição.


Para o atual presidente da Associação, Luiz Nascimento, o resulto “foi melhor do que o esperado”. Ele avaliou que a Atire buscou cumprir com todas as determinações da FTPGO e da CBTP, sobretudo, em relação à questão da segurança. “Não tivemos qualquer tipo de incidente durante os dois dias do evento”, pontuou. Conforme observou, outro aspecto relevante é que o evento movimentou, também, o turismo em Anápolis, principalmente, com a ocupação de leitos na rede hoteleira. Luiz Nascimento informou que, atualmente, a Atire conta com 80 associados ativos e que eventos como este vão dar mais visibilidade ao esporte.


O presidente da Federação Goiana de Tiro Prático, Hwaskar Fagundes elogiou a organização e a estrutura do evento e afirmou que esta experiência, sem dúvida, fará com que Anápolis se firme como um referencial para grandes torneios. “Nós tivemos enormes desafios para trazer para cá o Campeonato Brasileiro. Mas, acreditamos que foi um sucesso”, frisou.


 


Grandes nomes e beleza nas pistas de tiro


Mesmo os atletas já acostumados com os grandes circuitos e provas internacionais, também, elogiaram as condições da estrutura oferecida pela Atire, para o XXVII Campeonato Brasileiro IPSC 2015.


Pela primeira vez em Anápolis, Jaime Saldanha Júnior é uma celebridade no meio. Bicampeão pan-americano, bicampeão latino americano, vários campeonatos brasileiros conquistados e entre os 10 melhores do mundo em 2011, o atleta relatou que um dos pontos chaves da competição foram os alvos metálicos. “A Estrutura está ótima, na média do que a gente encontra pelo País”, disse, revelando que o seu foco para esta temporada é tentar garantir vagas nos campeonatos Europeu e Mundial. “Estou me preparando para isso”, enfatizou, observando que terá de fazer um bom brasileiro.


O experiente Mauro Thompson já participou de seis campeonatos sulamericanos, quatro europeus e dois mundiais, além de vários torneios no País. Ele ressaltou que vê o tiro prático com uma tendência de crescimento no Brasil, em número de praticantes. Para ele, esse crescimento vem na esteira de torneios como o realizado em Anápolis, que ajudam as pessoas a terem um conhecimento melhor do esporte, sobretudo, em relação à segurança. “Já conheci mais de 60 países com o tiro prático e nunca vi um incidente. É um esporte totalmente seguro”, avaliou. Por outro lado, reconheceu que essa popularização não é maior devido, ainda, ao seu custo.


Direto de Florianópolis para Anápolis, Priscila Barbi mostrou atributos importantes no manuseio da arma: concentração, precisão e rapidez. E, por outro lado, esbanjou também simpatia e beleza. Ela narrou que achou um dos melhores clubes do qual teve a oportunidade de participar. E, elogiou a estrutura das pistas; sanitários; estacionamento, limpeza e conservação e a organização de uma forma geral. Destacou, também, um fator positivo que foi a logística de transporte (aeroporto\ hotel\ sede da Atire).


Priscila Barbi destacou que seus planos para a temporada são conquistar o regional catarinense e, quem sabe, estar na final do Brasileiro. Nas duas primeiras etapas ela chegou em segundo lugar e, em Anápolis, obteve a primeira colocação. “Foi excelente, gostei muito de ter vindo e, deste lugar, do contato que tivemos também com a natureza”, sublinhou.


 


Resultados do XVIII Campeonato Brasileiro


 


DIVISÕES


 


Classic


1º Luiz César da Costa


2º Mário Romero Júnior


3º Antônio Roney Lobo


 


Open


1º Leandro Silveira Boaventura


2º Demetrius de Oliveira


3º Júlio José Berutti


 


Production


1º Jaime Roberto Saldanha Júnior


2º Felipe Sarkis


3º Luiz Henrique Ishihara


 


Revolver


1º Daniel Sipioni Polverini Júnior


2º João Garcia Rosado


3º Júlio César Santana


 


Production Light


1º Jefferson Fiamoncini


2 º César Monte Guimarães


3º Ulisses Muniz Queiroz


 


Production (Policial)


1º Vagner Carlos Brum


2º Carlos Alberto Molina


3º Adenauer Dantas Justo


 


Production (Ladies)


1° Priscila Barbi Santos


2º Juliana Schutz Cipriano


3º Luiza Bertolino


 


Production (Junior)


Akira Yamaguchi


 


Production (Grand Master)


1º Jeferson Fiamoncini


 


Classic (Sênior)


1º Antônio Roney Lobo


2º Renato Francisco Moreira


3º Dalton Teixeira Lima


 


Classic (Super Sênior)


1º Luiz Fernando Rodrigues


 


Classic (Ladies)


1º Emilane Borges Gavioli


 


Classic (Grand Master)


1º Antônio Roney Lobo


2º Marcus Aurelius Mirandola


 


Open (Júnior)


1º Márcio Gabriel Araújo


 


Open (Ladies)


1º Tamara Helena Auler


 


Open (Sênior)


1º José Alves Neto


2º Eurico Jacy Auler


3º Jorge Kazuo Yoshida


 


Open (Super Sênior)


1º José Josias Ferreira


2º Jaime Roberto Saldanha


3º José Luiz Nascimento


 


Resultados por equipe


Classic - 1º São Paulo


Open - 1º Minas Gerais


Production - 1º Distrito Federal


Revólver - 1º Minas Gerais


Standard - 1º Bahia


Light - 1º Santa Catarina

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Especial

Exemplo de solidariedade e cidadania

11/10/2018

Os alunos da Escola Municipal “Professora Nadyr de Souza Andrade”, no Bairro Jardim Alvorada, em Anápolis, tiveram na ú...

Sete anos de filantropia em Anápolis e trabalho reconhecido nacionalmente

06/09/2018

No dia 1º de setembro, a Clínica Valor da Vida completou sete anos de fundação. E, com bons motivos para comemorar. Afina...

Baile de debutantes para um grupo de meninas mais do que especiais

23/08/2018

Lorraine do Vale Bernardes; Thalita Mylena Cardoso Francisco, Loislene de Jesus Costa, Hellen Julia Lima Demétrio. Quatro me...

Programação Arraiana 2018

28/07/2018

- Unidades do Rápido Jundiaí - Av. Minas Gerais, 112 – Jundiaí Anashoping – Av. Universitária, 2.221 – Vila Santa...