(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis Global: Projeto da ACIA reúne representantes de vários países em seminário

Cidade Comentários 03 de junho de 2016

Evento foi o segundo do programa que visa atrair capital estrangeiro para a Cidade


Por iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Anápolis - ACIA e do Coletivo de Empresas Afro-Brasileiras (CEABRA), aconteceu, na manhã de segunda-feira, 30, o Segundo Seminário Internacional de Negócios, encaixado no projeto Anápolis Global, cuja finalidade principal é incentivar negócios internacionais tendo como base o Município de Anápolis. O encontro contou com a participação de diplomatas de vários países, além de representantes do Governo Estadual, do Prefeito João Gomes, lideranças empresariais e várias outras autoridades.
Um dos convidados foi o Embaixador de Bangladesh, Mohamed Mijarul Quayes que, por vários minutos, discorreu sobre as potencialidades de seu país e o interesse em ampliar a rede de negócios com empresas brasileiras. Ele afirmou que o Brasil pode oferecer muitos produtos de alto consumo em Bangladesh, principalmente no campo dos gêneros alimentícios, como soja, milho e, principalmente, carne. E que Bangladesh, por sua vez, tem muito a oferecer ao mercado consumidor brasileiro.
O Governo de Goiás foi representado na solenidade pelo Superintendente de Negócios Internacionais, empresário Luiz Medeiros Pinto e pelo Presidente da Goiasindustrial, Luiz Antônio Faustino Maronezi. Estes disseram, na ocasião, que o Governo Estadual se acha vivamente interessado em facilitar negociações que envolvam empresas goianas com grupos econômicos de outros países e que Anápolis oferece todas as facilidades, desde sua posição geográfica estratégica, por conta da instalação do Aeroporto Internacional de Cargas, o funcionamento do Porto Seco Centro Oeste e da Plataforma Logística Multimodal, até, programas de incentivos para pretensos operadores do mercado internacional.
Outros palestrantes
Presente ao encontro, também, o Prefeito João Gomes disse que o Governo Municipal é parceiro em toda iniciativa que tenha como objetivo fortalecer a economia de Anápolis e de Goiás. João Gomes colocou a estrutura da Administração Municipal à disposição para o alinhamento de propostas para importações e para exportações de bens e serviços. Segundo ele, o projeto Anápolis Global é extremamente atrativo e permite a que empresários, até então, distantes do processo exportador e importador, tenham mais contatos e possam usufruir de negócios internacionais.
Ainda, durante o Segundo Seminário Internacional de Negócios, foi registrada a presença do Conselheiro Econômico Para Assuntos de Turismo e Cultura de Moçambique, Romualdo Lodino do Carmo Johnam e do diplomata Júlio Antônio Aponto Té, da Guiné Bissau. Eles, igualmente, asseguraram que seus países têm vivo interesse em aumentarem o intercâmbio comercial com o Brasil e podem oferecer amplo mercado consumidor, assim como destinar ao Brasil uma série de produtos altamente consumidos em território nacional.
Outro participante do Seminário foi o Cônsul da Embaixada de Portugal em Goiânia, José Pedro Santos. Ele abordou a importância de encontros como este e disse que há uma ampla possibilidade de se realizarem negócios em curto prazo com países de língua portuguesa em todo o mundo, especialmente na África.
Programação
Durante o evento, o Diretor para Assuntos de Meio Ambiente da ACIA, Jornalista Manoel Vanderic Correia, fez a apresentação de um vídeo mostrando as potencialidades de Anápolis e a logística altamente facilitada para o desenvolvimento de negócios internacionais. Também, o Diretor Para Assuntos Internacionais da ACIA, empresário Jean Carlo Constante, fez uma apresentação oral sobre os objetivos do programa Anápolis Global e situou a Cidade de Anápolis no contexto internacional, detalhando aos visitantes as possibilidades concretas de se realizarem negócios a partir do Município.
Depois dos debates, os participantes do Seminário fizeram uma visita às instalações da empresa Hering. Em seguida, participaram de um almoço e, na parte final da visita, foram conhecer as instalações do Porto Seco Centro Oeste, a Estação Aduaneira de Interior. Ao final de tudo, o Presidente da ACIA, empresário Anastácios Apostolos Dagios fez uma análise altamente positiva do encontro e disse que novos procedimentos semelhantes estão programados para a partir de agora.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura vai homologar lista de projetos aprovados

19/01/2018

A lista de projetos aprovados para realização com recursos do Fundo Municipal de Cultura foi divulgada no dia 15, mas a hom...

SENAI/Anápolis troca diretoria e anuncia novos projetos

19/01/2018

A Fieg Regional Anápolis, sob a presidência do empresário Wilson de Oliveira, realizou na última segunda-feira 15, a prim...

Obra do segundo viaduto segue, mas ainda sem a data de entrega

19/01/2018

Aproveitando a trégua dada pelas chuvas, a empresa JOFEGE, responsável pela execução do projeto de mobilidade urbana, que...

Repasses encolheram R$ 38 milhões

19/01/2018

As transferências da União para Anápolis registraram uma queda de 14,12% no ano de 2017, em relação a 2016, conforme lev...