(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis à espera da estreia do Brasil

Geral Comentários 18 de junho de 2018

Expectativa é de que a empolgação venha após o primeiro jogo


A Copa do Mundo na Rússia começou nesta quinta-feira, 14. A primeira partida foi mandada pelo time da casa, que aplicou uma goleada de 5 a 0 sobre a Arábia Saudita, sob o olhar do presidente russo, Vladmir Putin.
O País sede do mundial optou por fazer uma abertura um mais simples, deixando o glamour para os astros que vão estar nos gramados como Cristiano Ronaldo; Messi; Neymar; James Rodriguez; Luis Suárez; Modric, Toni Kross e muitos outros.
O Brasil estreia somente no domingo, contra a seleção da Suíça. Em Anápolis, o clima da Copa ainda é um pouco tímido. Mas, nas ruas, é possível encontrar carros enfeitados e vários pontos de vendas de camisetas, bandeiras e outros adereços que remetem às cores da seleção canarinho, que vai à busca do sexto título mundial e num clima bem tranquilo em relação ao treinador e jogadores. O que, via de regra, no País do futebol, sempre foi motivo de muita polêmica. Isso dá segurança e faz esquecer aquele trágico 7 a 1 da Alemanha em cima do Brasil, numa das derrotas mais acachapantes da história.
O primeiro adversário do Brasil, a Suíça, promete colocar água no chope da torcida. Mas, não será tarefa fácil, porque a equipe comandada pelo técnico Tite está bem preparada e, também, quer fazer bonito em sua estreia no mundial, obtendo a primeira vitória. A partida será em Rostov-do-Don, no estádio Arena Rostov, às 15 horas (horário de Brasília).
Em jogo válido por Copa do Mundo, as duas equipes se enfrentaram uma vez e terminaram empatadas em 2 a 2. Mas, isso foi em 1950. De lá para cá, foram mais sete jogos amistosos, com os seguintes placares: 1956 - Suíça 1 x 1 Brasil (Zurique); 1980 - Brasil 2 x 0 Suíça (Cuiabá); 1982 - Brasil 1 x 1 Suíça (Recife); 1983 - Suíça 1 x 2 Brasil (Basel); 1989 - Suíça 1 x 0 Brasil (Basel); 2006 - Suíça 1 x 2 Brasil (Basel); 2013 - Suíça 1 x 0 Brasil (Basel). Ou seja, foram três vitórias brasileiras, duas suíças e três empates. Certo equilíbrio. Porém, passado é passado e o que vai mandar, agora, é o resultado dentro das quatro linhas e, com certeza, será um bom jogo. Principalmente, terminando os 90 minutos com vitória brasileira.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...