(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis teve crescimento notável na última década

Economia Comentários 30 de dezembro de 2014

Município detém, hoje, o segundo maior Produto Interno Bruto de Goiás e conta com vários outros indicadores positivos de crescimento econômico


Nos seus 10 anos de existência, o CONTEXTO retratou a pujante economia de Anápolis, que cresce acima das médias estadual e nacional. De tal forma que, em 2011, inclusive, o jornal fez uma dobradinha e ganhou dois prêmios do concurso aberto pelo Porto Seco Centro-Oeste, para premiar matérias jornalísticas abordando o desenvolvimento econômico da região.
De 2005 para cá, fatos importantes marcaram este crescimento. Naquele ano, no mês de maio, O CONTEXTO trazia a notícia da paralisação das obras da Ferrovia Norte-Sul, uma dos maiores projetos de engenharia do Governo Federal e que tem, no Município, o seu marco zero. Para contrabalançar a má notícia, no mês seguinte, a multinacional DHL iniciou as suas atividades em Anápolis. O empreendimento foi desenvolvido em conjunto com a indústria farmacêutica Roche. Dois nomes de peso que foram, portanto, agregados à economia local.
Em 2006, o jornal também trouxe uma matéria exclusiva sobre os investidores da Avestruz Master, um caso que mexeu com todo o País, na febre por ganhos que a pirâmide financeira prometia oferecer às pessoas. No mês de fevereiro de 2006, ocorreu o aniversário dos 70 anos da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), uma das mais antigas associações classistas de Goiás. Tivemos, também, naquele ano, uma reportagem sobre o Acrobata, o primeiro avião projetado e construído em Anápolis, destinado à aviação agrícola. E, 2006 foi, também, o ano em que a empresa de transporte coletivo TCA, passou a usar o biocombustível em sua frota. Um detalhe: Anápolis, também, passou a abrigar uma indústria de biodiesel - a Granol. A Cidade, ainda, ganhou mais um canal de televisão, o Canal 5 na Net.

Indústria automobilística
O ano de 2007 foi sacudido por boas notícias. No mês de abril, depois de muita expectativa, foi inaugurada a montadora de veículos CAOAHyundai, no Distrito Agro Industrial. Anápolis acabava de entrar na era da indústria automobilística. No mês seguinte foi inaugurada a infraestrutura da Plataforma Logística Multimodal que, ainda, não saiu do papel. Aguarda-se a definição do modelo de gestão e a licitação para escolher a empresa ou consórcio que irá administrá-la. Ainda em 2007, a ACIA elaborou e entregou ao DNIT, um projeto para a construção de um viaduto no acesso ao DAIA, na época, orçado em R$ 40 milhões. Os governos de Goiás e do Amazonas, acertaram a criação de um entreposto da Zona Franca de Manaus, em Anápolis, fato que ainda não se consolidou. No final de 2007, ocorreu uma audiência pública para a retomada das obras da Ferrovia Norte Sul, o que veio a ocorrer no início do ano seguinte.
No começo de 2008, o CONTEXTO informou a celebração do contrato entre a CAOA e a Hyundai, para a produção, em sua unidade de Anápolis, do Tucson, um dos modelos mais vendidos na marca sul-coreana. E, trouxe, também, uma matéria sobre a “febre” das lan hauses.
Várias lideranças políticas e classistas se mobilizaram para transformar Anápolis em uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE). O projeto teve apoio, inclusive, apoio do presidente do Banco Central, à época, o anapolino Henrique Meirelles. Mas a ZPE não foi adiante, por falta de viabilidade econômica.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...