(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis sofrerá baixas no efetivo da Polícia Militar

Segurança Comentários 12 de abril de 2015

Governo do Estado aguarda notificação sobre decisão do STF para se pronunciar sobre o futuro do programa


A Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE) comunicou em seu site que, tão logo seja intimada, orientará no sentido do cumprimento da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5163, a respeito da Lei nº 17.882/2012, que criou o Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual (Simve). Na tarde da última quarta-feira, 08, o STF declarou que os militares voluntários devem ser imediatamente exonerados. Atualmente, há cerca de 2,5 mil atuando nas ruas.
A confirmar-se esta situação, Anápolis poderá ficar sem o importante reforço deste efetivo. Do ano passado para cá, o Município passou a contar com mais de 90 policiais do Simve integrados ao comando regional da PM. Com isso, será necessário reformar as estratégias de escalas de policiais e viaturas nas ruas, para as ações ostensivas e preventivas. Para manter o trabalho num nível razoável, talvez seja necessário, também, ampliar o Banco de Horas. O que, por outro lado, traz um maior desgaste para os policiais.

O Simve tem por finalidade a execução de atividades militares de competência estadual, por meio do emprego no policiamento ostensivo geral. Na condição de aluno do Curso de Formação de Soldados Voluntários, o candidato recebe, a título de subsídio, uma bolsa de estudos no valor de R$ 939,33 e, após a conclusão com aproveitamento do curso, o soldado de 3ª Classe passa a receber subsídio mensal no valor de R$ 1.341,90.
O Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual tem duração inicial de 12 meses, podendo ser prorrogado até o limite máximo permitido de 33 meses.

De janeiro para cá, cerca de 600 novos policiais formados através do Simve foram integrados ao efetivo do Estado da Polícia Militar, chegando a quase 2,5 mil homens desde a implantação do programa, no começo do ano passado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...