(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis recebe espetáculo premiado pela Funarte

Cultura Comentários 28 de maro de 2014

Peça Aqueles Dois, encenada pela Cia. Luna Lunera, de Belo Horizonte (MG) faz apresentação única no Teatro Municipal


A Cia. Luna Lunera (Belo Horizonte/MG), por meio do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, traz a Anápolis, pela primeira vez, o seu prestigiado espetáculo Aqueles Dois, baseado no conto do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996). Dia 29 de março, a cidade poderá conferir, em única apresentação, o espetáculo Aqueles Dois e, no dia 28 de março, a oficina Ator Criador, que revela etapas da construção do espetáculo.
Aqueles Dois estreou em 2007 e tem obtido, desde então, grande sucesso de público e crítica em sua trajetória. Cumpriu longas temporadas em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo; participou de importantes festivais nacionais e internacionais, incluindo apresentação no México; através do projeto Palco Giratório pode circular por 16 estados brasileiros, e por meio do Circuito Eletrobras, patrocinado pela Eletrobras Eletronorte e Chesf, circulou em sete capitais do Norte e Nordeste.
A programação começa com a oficina Ator Criador, que acontece dia 28 de março (sábado), das 18h30h às 22h30h, na Escola de Teatro de Anápolis – ETA, cujas inscrições se encerraram na última terça-feira,25.
Neste sábado, 29, o palco do Teatro Municipal de Anápolis recebe a apresentação de Aqueles Dois. O espetáculo acontece às 20 horas. Depois da apresentação, o público poderá participar de um bate-papo com os atores e diretores da peça.

Sinopse
Da rotina de uma “repartição” – metáfora para qualquer ambiente inóspito e burocrático de trabalho, revela-se o desenvolvimento de laços de cumplicidade entre dois de seus novos funcionários, Raul e Saul. É que “num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra”. No entanto, essa relação acaba gerando incômodo nos demais colegas de profissão. O espetáculo Aqueles Dois foi criado a partir do conto homônimo do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996).
O conto, publicado em sua primeira versão em "Morangos Mofados" (Brasiliense, 1982), faz parte de "Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século" (curadoria de Italo Moriconi, Objetiva, 2000). Nele, como praticamente em toda produção literária de Caio Fernando Abreu, são múltiplas as citações ou simples menções a artistas e obras de áreas diversas, locações urbanas, letras de músicas, filmes, épocas, onde o autor mistura, despudoradamente, seus mundos biográfico e ficcional.

Trajetória
O espetáculo estreou em novembro de 2007, em Belo Horizonte, e vem construindo uma ampla trajetória desde então. Apresentou-se em importantes festivais nacionais e internacionais no Brasil (Festival de Curitiba/PR – Mostra Contemporânea; FIT-BH - Festival Internacional de Teatro Palco e Rua de Belo Horizonte/MG; Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto/SP; Fiac - Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia – Salvador/BA; Festival Recife do Teatro Nacional – Recife/PE; Festival de Agosto – Natal/RN; Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente/SP; Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília/DF) e cumprido longa temporada no Sesc Avenida Paulista - São Paulo/SP (2008), na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança – Belo Horizonte/MG (2009, 2011 e 2012) e no Centro Cultural Banco do Brasil – Rio de Janeiro/RJ (2010).
Foi contemplado no 13º Prêmio Sesc-Sated/MG nas categorias Melhor Espetáculo e Melhor Direção; no 5º Prêmio Usiminas-Sinparc nas categorias Melhor Espetáculo, Melhor Direção e Melhor Ator (Rômulo Braga); foi indicado ao Prêmio Shell São Paulo 2009 nas categorias de Melhor Direção, Melhor Cenário e Melhor Iluminação, tendo recebido este último.

Ficha artística
Concepção: Cia. Luna Lunera
Texto: Caio Fernando Abreu
Diretores/Criadores: Cláudio Dias, Marcelo Souza e Silva, Odilon Esteves, Rômulo Braga e Zé Walter Albinati
Em cena: Cláudio Dias, Guilherme Théo, Marcelo Souza e Silva e Odilon Esteves.
Atores stand-by: Fábio Dias, Frederico Bottrel, Rômulo Braga

Serviço
Espetáculo Aqueles Dois
Data: 29 de março (sábado)
Horário: 20 horas
Local: Teatro Municipal de Anápolis
Endereço: Avenida Brasil Sul, 200 - Centro, Anápolis
Ingressos: R$ 10 inteira e R$ 5 meia

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Inscrições abertas para as oficinas do EDAnça

19/04/2017

Um dos eventos consolidados no calendário da Secretaria Municipal de Cultura, o Festival de Dança (EDAnça) acontece, neste...

Cantora busca ampliar horizonte musical

23/03/2017

Estilo despojado na música, no visual e na atitude. Assim é a cantora e compositora Danila Moreira, que busca o seu lugar a...

Curta-metragem anapolino participa de Festival de cinema em Veneza

17/03/2017

A nova Prefeitura de Anápolis tem como uma de suas prioridades o fomento à cultura e o incentivo aos artistas de nossa cida...

Dança, Artes, Teatro e Música iniciam ano letivo

09/03/2017

O começo das aulas nas quatro escolas foi acompanhado pelo prefeito Roberto Naves A Prefeitura de Anápolis, por meio da Se...