(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis poderá ganhar novo colégio militar

Educação Comentários 05 de abril de 2013

O deputado estadual Carlos Antônio (PSC), afirma que o Governo do Estado tem interesse e que há demanda para a nova unidade


Anápolis poderá contar com mais uma unidade do Colégio Militar. O informação é do deputado estadual Carlos Antônio (PSC) que, nesta sexta-feira,5, às 9 horas, no plenário da Câmara Municipal, estará reunindo os segmentos interessados para discutir a proposta. Ele adiantou que o projeto é de interesse do Governador Marconi Perillo, que quer primeiro encontrar um local que seja adequado e que seja consenso entre as lideranças.
De acordo com o deputado, algumas alternativas já estão sendo avaliadas como, por exemplo, o uso das dependências do Colégio Estadual “José Ludovico de Almeida”, do Colégio Polivalente “Gabriel Issa” ou da Escola Normal “Professor Faustino”. Carlos Antônio observa que há demanda no Município para a implantação de outra unidade, mesmo porque o Colégio Militar “Dr. Cezar Toledo”, que funciona nas antigas instalações do anexo da UNIANA (hoje UEG), no Jardim Alexandrina, tem uma procura muito além das vagas que são oferecidas.
E há razão para essa grande procura. Ainda este ano, ficou em primeiro lugar entre as unidades goianas, na avaliação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), concorrendo com dezenas de outras unidades espalhadas por Goiás. De acordo com sua direção, foi a maior pontuação dentre todas as escolas avaliadas no Estado e a 20ª melhor colocação do Brasil. Com isso, o Colégio superou a meta de 5 pontos, projetada pelo Ministério da Educação no ano passado.
O Colégio Militar de Anápolis tem a mesma grade curricular da Rede Estadual de Ensino. O que o diferencia de outras unidades é a agregação de outros projetos como sala de recursos audiovisuais com lousa eletrônica, laboratórios de ciências e informática, auditório para 150 alunos e anfiteatro para 400, além de quadras esportivas, piscinas e algumas normas, como a exigência do uniforme, a disciplina rígida e muitas atividades extra-classe.
De acordo com o deputado Carlos Antônio, vários detalhes acerca da proposta estarão sendo debatidos não só nesta audiência pública, mas em outras oportunidades, para que o projeto seja colocado de forma consistente.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Educação

Associação Educativa Evangélica celebra 58 anos do Instituto Superior de Educação

17/04/2019

Uma instituição que contribui para o ensino da Pedagogia com excelência. Assim pode ser definido o Instituto Superior de E...

Alunos promovem paralisação na UEG

13/04/2019

Os alunos da Universidade Estadual de Goiás – Campus Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas – “Henrique Santill...

Associação Educativa Evangélica recebeu homenagem da Câmara de Vereadores

05/04/2019

Uma história que começou a ser desenhada há 72 anos, em 1947. O sonho dos fundadores da Associação Educativa Evangélica...

Mestrado em Odontologia será o primeiro do interior de Goiás

29/03/2019

Anápolis será a primeira cidade do interior do estado de Goiás a contar com um Mestrado Acadêmico em Odontologia. O mestr...