(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis na zona de alto risco

Saúde Comentários 04 de novembro de 2010

Anápolis está no grupo de 180 municípios goianos que figuram na classificação de alto risco em relação à incidência da dengue.


Anápolis está no grupo de 180 municípios goianos que figuram na classificação de alto risco em relação à incidência da dengue. Até 23 de outubro último, o número de casos da doença, registrados pelo boletim de acompanhamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES), era de 5.774, o que deixou a Cidade em terceiro lugar no ranking dos municípios com maiores números absolutos de dengue, ficando atrás, apenas, de Aparecida de Goiânia (8.596) e Goiânia (37.193).
A SES deve divulgar nesta sexta-feira mais um boletim epidemiológico. Mas os números preocupam. No Estado, este ano, já chega a 66 o número de óbitos, sendo 39 por complicações causadas pela dengue e 27 por febre hemorrágica. Em 2009, também, até a semana 42, o número de óbitos em Goiás era de 39. Portanto, o aumento foi de 69,2% comparando-se com o mesmo período deste ano.
Em Anápolis não há registro de morte causada pela doença este ano, mas há um caso confirmado de dengue hemorrágica, além de sete de pacientes com complicações. Em Goiânia, há, confirmados, 73 casos de dengue hemorrágica e 277 casos de dengue com complicações.
De acordo ainda com a SES, há 180 municípios com coeficiente de incidência de alto risco, 32 com incidência de médio risco e 20 municípios estão classificados como de baixo risco. Dos 246 municípios goianos, 232 têm notificações de casos de dengue.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Necessidade da vacinação infantil

12/07/2018

Há o risco da criação de bolsões de crianças não vacinadas contra as doenças infectocontagiosas. O secretário Estadua...

Meta é vacinar 364 mil crianças

12/07/2018

Até o dia 20 próximo, Goiás vai receber do Ministério da Saúde 455.900 doses de vacina contra pólio (paralisia infantil...

Meta é vacinar 364 mil crianças

12/07/2018

Até o dia 20 próximo, Goiás vai receber do Ministério da Saúde 455.900 doses de vacina contra pólio (paralisia infantil...

Terapias integrativas para pacientes com câncer

12/07/2018

Prestar atendimento pré-hospitalar de urgência e com excelência à população o mais rápido possível. Essa é a missão...