(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis na rota dos imóveis fracionados

Geral Comentários 06 de fevereiro de 2015

Sucesso nos Estados Unidos e Europa, aquisição fracionada de resort de luxo é novidade para investimento e opção para férias com bom gosto


No Brasil, começa a movimentar no mercado imobiliário a chamada venda fracionada de imóveis. Uma das vertentes desse novo nicho de mercado, e que tem atraído a atenção de muitos investidores, é a possibilidade de o comprador se tornar dono de uma fração de um resort de luxo. E, ainda por cima, obter vantagens no planejamento das férias em várias partes do mundo.
Em Anápolis, a Nossa Casa Negócios Imobiliários já trabalha com esse tipo de oportunidade para os investidores através do Laguna Resort Residence, empreendimento da Govesa Construtora, localizado na cidade turística de Caldas Novas, próximo ao Lago de Corumbá, que tem previsão de entrega da primeira etapa prevista para janeiro de 2017. No total, serão cerca de 600 apartamentos, e todas as vendas serão pelo sistema de cotas, que podem chegar a 15 mil, com várias opções de apartamentos e bangalôs.
Segundo explicou Cláudio Pina, o cliente que adquire um imóvel por cota, quando da quitação do valor de seu contrato, recebe a escritura do mesmo e pode usufruir dele pelo resto da vida. Obviamente, dentro do que é estabelecido dentre os demais cotistas.
Além disso, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos e em vários países da Europa, onde o sistema é bastante difundido, os empreendimentos de resort integram uma espécie de operador de férias, que oferece vantagens para que os clientes possam “rodar o mundo” nos hotéis de luxo.
No caso, informou o gerente da Nossa Casa Negócios Imobiliários, o empreendimento em Caldas Novas está associado à RCI, considerada a maior operadora de intercâmbio de férias e líder global no segmento, com mais de quatro mil resorts e hotéis afiliados e cerca de 3,2 milhões de famílias associadas ao redor do mundo. No Brasil, são mais de 100 hotéis no sistema.
Fazendo um comparativo, Cláudio Pina citou que se uma pessoa for, por exemplo, para Orlando-Miami (EUA) se hospedar num resort por quatro semanas no ano, desembolsará uma em torno de 20 a 30 mil reais. Pelo sistema intercambiado, o custo cairia para algo em torno de quatro mil reais. Ou seja, é uma possibilidade para que o comprador possa, ao mesmo tempo em que está adquirindo o seu imóvel, usufruir, com planejamento, de férias em resorts de alto padrão em diversos lugares do mundo.
Outra vantagem, assinalou Cláudio Pina, é que os compradores-cotistas recebem o imóvel 100% mobiliado, com utensílios de cozinha; cama, mesa e banho e com alto padrão. “É uma exigência para os empreendimentos ligados à RCI”, ponderou.
Trocando em miúdos, é um investimento para quem deseja adquirir um imóvel de férias e não quer gastar cifras astronômicas, já que pelo sistema de cotas, o valor do imóvel é fracionado.
Os agentes de mercado recomendam que, como em qualquer outro negócio no ramo imobiliário, o comprador tenha muita atenção ao assinar o contrato antes de fechar o negócio e tenham o máximo de informação sobre a idoneidade das empresas que estão à frente do empreendimento.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Força-tarefa para agilizar fila de processos parados

18/05/2017

Imagine que você tenha terreno e recursos para iniciar uma obra, mas esteja impedido de dar prosseguimento por conta da falt...

Força-tarefa para agilizar fila de processos parados

18/05/2017

Imagine que você tenha terreno e recursos para iniciar uma obra, mas esteja impedido de dar prosseguimento por conta da falt...

Convênios públicos têm nova regulamentação

11/05/2017

A Câmara Municipal realizou audiência pública nesta quinta-feira,11, em conjunto com a Prefeitura de Anápolis, para trata...

Corpo encontrado em lago é de empresário anapolino

04/05/2017

Na noite desta quinta-feira, 04, informação colhida pelo Jornal “A Voz de Anápolis”, junto a um irmão de Edmar Almeid...