(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis ganhará segundo maior armazém da CONAB

Política Comentários 02 de agosto de 2013

Unidade será implantada pelo Ministério da Agricultura, em área a ser doada pela Prefeitura. O valor do investimento é de cerca de R$ 40 milhões


Anápolis ganhará o segundo maior armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), segundo informou ao CONTEXTO o deputado federal Rubens Otoni (PT). A unidade será implantada com recursos já garantidos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no valor de aproximadamente R$ 40 milhões.
De acordo com o parlamentar, a implantação do armazém deve ter início ainda este ano e o objetivo é que o mesmo seja utilizado para a estocagem da safra de grãos da região, para o escoamento através da Ferrovia Norte-Sul. A unidade deverá ter capacidade instalada para 100 mil toneladas. Outras seis UAs serão reformadas no Estado: de Goiânia; Itapuranga; Palmeira de Goiás; Paraúna, Pontalina e Rio Verde. Atualmente, a capacidade estática de armazenagem de Goiás é de 13 milhões de toneladas.
A Prefeitura Municipal fará a doação de uma área para que o Ministério da Agricultura implante o armazém, o que é mais um resultado da parceria do Município com o Governo Federal e que vai trazer um novo elemento para contribuir com o desenvolvimento econômico não só de Anápolis, mas do Estado de Goiás.
O plano
Anunciado no dia 4 de junho pela Presidente Dilma Rousseff, durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014, o Plano Nacional de Armazenagem prevê investimentos de R$ 500 milhões em todo o País - R$ 350 milhões para a construção de 10 novas UA’s e R$ 150 milhões para a reforma das já existentes.
Entre as melhorias previstas estão a reforma das instalações internas e externas, a ampliação das capacidades com a troca por equipamentos mais modernos e outros. Com as medidas, a capacidade estática de armazenagem pública do Brasil passará de 1,96 milhões para 2,81 milhões de toneladas.
No Centro-Oeste, o investimento chegará a R$ 71,8 milhões. A reforma de 19 unidades, e a construção da UA de Anápolis, com capacidade para 100 mil toneladas, permitirão que a Conab amplie a operação com produtos de cesta básica, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa de Venda em Balcão e apoio à Defesa Civil.
Com o objetivo de viabilizar o Plano Nacional de Armazenagem, a CONAB irá contratar o Banco do Brasil para atuar na gestão e fiscalização das obras de construção e modernização dos armazéns, conforme autorização da Medida Provisória nº 619, assinada no dia 06 de junho. Os técnicos do Banco estão visitando, em conjunto com os profissionais da CONAB, as unidades que serão revitalizadas. Em Anápolis eles já conheceram algumas áreas onde provavelmente será feita a construção do depósito.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Resolução define regras para escolha e registro dos candidatos

19/01/2018

Uma das dez resoluções sobre as normas que irão reger as Eleições Gerais 2018, aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitora...

Licitação para a retomada da obra deve acontecer, ainda, este mês

12/01/2018

O 1º secretário da Câmara Municipal, Leandro Ribeiro, informou que a Casa espera para, ainda, este mês, a conclusão do p...

Lista dos municípios beneficiados pelo Ministério das Cidades

05/01/2018

O Ministério das Cidades divulgou nesta quinta-feira, 04 uma lista com 95 municípios selecionados pelo programa Cartão Ref...

Cinco eleições em uma, além de muita indefinição para as urnas

05/01/2018

As eleições deste ano prometem muitas novidades. Por enquanto, a movimentação entre os partidos e pretensos candidatos se...