(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis é modelo em Goiás na oferta de tecnologia

Cidade Comentários 29 de novembro de 2013

Secretaria de Ciência e Tecnologia ampliou o projeto Parques Digitais para 20 pontos espalhados pela Cidade


Na última terça-feira, 26, a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia realizou, no Centro Cultural do Conjunto “Filostro Machado Carneiro”, um evento para simbolizar a expansão do projeto Praças Digitais, lançado em 2011 em seis logradouros e que, agora, chega a 20 pontos abrangendo todas as regiões da Cidade.
Com esta iniciativa, Anápolis deve galgar novos degraus na política de oferta de tecnologia e serviços e se consolidar no seleto universo das chamadas Cidades Digitais. Em 2012, conforme o ranking elaborado pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações - CPqD, o Município ficou em 6º lugar no País, atrás, apenas, de Curitiba (PR); Rio de Janeiro (RJ); Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Campinas (SP). Em Goiás, além de Anápolis, apenas Goiânia foi listada, aparecendo na 54ª. posição. A metodologia para a elaboração desse ranking leva em conta fatores como: presença de equipamentos primários; acesso público à internet; cobertura geográfica; acessibilidade, usabilidade e inteligibilidade, banda e serviços públicos e privados.
O secretário de Ciência e Tecnologia, Fabrízio Ribeiro, explicou que em Anápolis, hoje, estima-se que o serviço de internet banda larga, com tecnologia wi-fi, deverá atingir um público estimado de 40 mil pessoas nos 20 pontos. Por ser uma internet popular, a velocidade será de 600 Kbps. Para ter acesso, o internauta deve acessar o endereço eletrônico: http://anapolisdigital.com. Neste endereço, deve ser preenchido um cadastro que irá gerar um login e uma senha para o usuário acessar a internet de qualquer um dos pontos. O internauta tem que preencher todos os dados para validar o seu acesso, uma vez que essa é uma exigência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que visa evitar o mau uso do serviço.
Depois que o internauta fizer o seu cadastro e acessar o sistema, ele terá duas horas para navegar na internet. Essa limitação - explicou Fabrízio Ribeiro - é para que haja maior rotatividade no uso da internet pública, evitando que um único usuário, por exemplo, fique durante todo o dia baixando filmes e músicas. O secretário salientou que a experiência na primeira fase foi positiva e que a expansão irá atender a uma faixa expressiva da população com o acesso gratuito à internet banda larga.

Inovação
Para o Prefeito Antônio Gomide (PT), o projeto Praças Digitais representa um salto que Anápolis dá em busca de inovação e tecnologia. “Poucas cidades no Brasil têm a oferta desse serviço no nível que estamos oferecendo”, pontuou, acrescentando que há alguns anos, o Município sequer “falava em ciência e tecnologia e, hoje, estamos num estágio muito avançado em relação a outras cidades brasileiras”, comemorou, adiantando que em janeiro do próximo ano será inaugurado o Planetário, um dos mais modernos do País. “São várias ações que fazem com que Anápolis seja reconhecida como Cidade Digital, colocando à disposição da população ferramentas inovadoras para se promover a educação, o entretenimento, a cultura e o lazer por meio das ferramentas tecnológicas”, enfatizou.

Pontos do projeto Praças Digitais

Casa Brasil - Recanto do Sol/Vila Norte
Centro de Recondicionamento de Computadores - Filostro Machado
Estádio Jonas Duarte - Vila Miguel Jorge
Parque da Matinha - Maracanã
Parque Onofre Quinan (Central Parque) - Nações Unidas
Parque da Liberdade - Setor Central
Parque Ambiental Ipiranga - Jundiaí
Praça Bartolomeu Nunes - Jaiara
Praça Americano do Brasil - Setor Central
Praça Bom Jesus - Setor Central
Praça Abílio Wolney (Praça do Ancião) - Setor Central
Praça Cônego Trindade - Vila Góis
Praça Dom Emanuel - Jundiaí
Praça Badia Daher - Jundiaí
Praça Jamel Cecílio - Planetário - Jundiaí
Praça do distrito de Joanápolis
Praça do distrito de Goialândia
Praça do distrito de Interlândia
Praça do distrito de Souzânia
Residencial Copacabana/IFG


Ranking das Cidades Digitais - 2012

01. Curitiba - PR
02. Rio de Janeiro - RJ
03. Belo Horizonte - MG
04. Vitória - ES
05. Campinas - SP
06. Anápolis - GO
06. Sorocaba - SP
07. Porto Alegre - RS
08. Jundiaí - SP
09. Guarulhos - SP
10. Santos - SP
* Anápolis e Sorocaba obtiveram a mesma pontuação, empatando em sexto lugar, por isso há onze cidades na lista acima.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Cemitérios Municipais recebem obras para o feriado de Finados

20/10/2017

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos da Prefeitura está concluindo a limpeza e a manutenção, realizadas no Cemitério...

Iniciada a construção de calçadas em toda a Avenida Brasil Norte

20/10/2017

A Avenida Brasil ainda está em transformação. A via recebe, neste momento, intervenções que já deram um novo perfil par...

Estado vai repassar o prédio da Rodoviária para a Prefeitura

20/10/2017

O prédio do Terminal Rodoviário “Josias Moreira Braga” será incorporado ao patrimônio do Município. A transferência...

SANEAGO reconhece falhas, mas não admite a falta de água

20/10/2017

Várias ocorrências de desabastecimento de água foram registradas em Anápolis, entre quarta e quinta feiras (dias 18 e 19 ...