(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anápolis é destaque na mídia nacional

Economia Comentários 28 de julho de 2014

Município tem sido destaque na mídia nacional, nos últimos anos, como referência para investimentos no País


As potencialidades de Anápolis têm sido, com freqüência, nos últimos anos, alvo de reportagens em grandes veículos de comunicação do Brasil. A Cidade é apontada como um “porto seguro” para investimentos, o que tem contribuído na atração de novas empresas o que, consequentemente, reflete-se no aumento na geração de emprego, renda e divisas para o próprio Município e para o Estado de Goiás.
Recentemente, uma das principais publicações de economia do País, a revista Exame, publicou uma matéria em que Anápolis foi citada dentre as das 100 melhores cidades do Brasil – acima de 100 mil habitantes – “com expressivo potencial para receber novos empreendimentos”. O levantamento, feito com exclusividade para Exame pela consultoria paulista Urban Systems, considerou 27 indicadores para elaboração do ranking, entre eles o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a ampliação do número de empresas e também das vagas de empregos formais.
Também recentemente, a cidade ganhou projeção nacional a partir do projeto Expedição, da revista Veja, uma das revistas semanais de maior credibilidade e de maior circulação no Brasil. Apesar de não estar inicialmente no roteiro do projeto, a Expedição acabou atraída e o resultado foi mostrado numa reportagem que teve por objetivo mostras “o Brasil que dá certo”.
A reportagem se referiu ao município como um dos “eixos industriais mais promissores do país” e a “a segunda maior economia de Goiás”, com foco na Plataforma Logística Multimodal, citando-a como a primeira do Brasil. Segundo a Expedição Veja, o empreendimento com uma área de quase 4,4 milhões de metros quadrados, no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), deverá atrair para a cidade, por exemplo, companhias de vendas pela internet: será mais eficiente centralizar os estoques na cidade goiana e daqui despachar os produtos para todo o país. E ainda ressalta que “a integração entre rodovias, ferrovia e aeroporto também vai colocar Anápolis na rota de uma porção significativa das exportações brasileiras”.
A localização privilegiada de Anápolis, inclusive, sendo o ponto de partida da Ferrovia Norte-Sul, a construção do Aeroporto de Cargas e sua participação no PIB goiano – Anápolis ocupa o segundo lugar no ranking, atrás apenas de Goiânia - ainda foram destaques, assim como a criação do Daia e sua evolução econômica, de uma cidade com perfil de produção agrícola para o maior pólo de medicamentos genéricos da América Latina. Outra ressalva foi a diversificação dos investidores, já que Anápolis abriga uma fábrica da montadora Huyndai, uma unidade da Ambev, além de outras importantes indústrias de segmentos variados, e também o Porto Seco do Centro-Oeste.

PIB
Anápolis também se destaca regionalmente, por sua contribuição na geração de riquezas para o Estado de Goiás. A Cidade recebeu da Organização Jaime Câmara e da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), o prêmio de “Os 10 maiores do PIB 2014”, com base na avaliação do Produto Interno Brito do ano anterior.
Junto com Anápolis foram premiadas Goiânia, Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Catalão, Senador Canedo, Itumbiara, Jataí, Luziânia e São Simão. Em 2013, um dos setores que ajudaram a alavancar o PIB goiano, colocando o estado na 9ª posição entre as maiores economias do país, foi o agronegócio, daí a criação, nessa edição, do Prêmio Os 10 maiores do PIB Agropecuário de Goiás. Receberam a homenagem, nessa categoria, os seguintes municípios: Rio Verde, Jataí, Cristalina, Chapadão do Céu, Mineiros, Ipameri, Quirinópolis, Morrinhos, Montividiu e Catalão.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...