(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anapolina e Tocantinópolis vão jogar novamente

Esportes Comentários 14 de outubro de 2011

A CBF deve remarcar a data da nova partida. O último jogo entre os dois times terminou com o episódio do “cai-cai” que teve ampla repercussão em todo o País


O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu, por unanimidade de votos, que a Anapolina e o Tocantinópolis (TO) vão se enfrentar novamente dentro das quatro linhas. Na décima e decisiva rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, o jogo entre as duas equipes terminou depois de um “cai-cai” dos jogadores da equipe tocantinense, que não deixou ao árbitro da partida Rafael Odílio Ramos dos Santos, outra alternativa a não ser encerrar a partida antes do tempo regulamentar. A Rubra vencia por 4 a 1 e precisava de mais um gol para se classificar à próxima fase. O resultado da partida encerrada acabou por beneficiar o Itumbiara.
A Anapolina terá, agora, novamente de vencer o Tocantinópolis por cinco gols de diferença para seguir na competição. O time adversário foi praticamente desmantelado, inclusive, com a suspensão de vários jogadores, o que deixa no ar uma dúvida se a partida vai ou não ocorrer (se houver um WO, não teria chance de a Anapolina fazer saldo de gol, levando apenas os pontos da partida). De qualquer forma, a Confederação Brasileira de Futebol irá remarcar a data e a expectativa é que possa ser o mais breve possível, porque o grupo do Itumbiara está paralisado em função do imbróglio.
O Itumbiara, por sua vez, chegou a jogar a primeira rodada da nova fase, contra o Vila Nova (MG) e venceu a partida pelo placar de 3 a 1. A segunda partida, entretanto, está aguardando o desenrolar da crise.
O pleno do STJD também decidiu, na mesma sessão do julgamento, realizado na tarde de quinta-feira,13, reduzir a multa que havia sido imposta à Anapolina de R$ 7 mil para R$ 1,4 mil. por infração ao artigo 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Já o Tocantinópolis/TO terá de pagar R$ 5 mil, aos invés dos R$ 10 mil impostos em sessão anterior, por infração ao artigo 205 do CBJD. O jogador Renatinho, do Tocantinópolis, havia sido multado em R$ 5 mil e o valor foi reduzido para R$ 1 mil.
Quanto aos outros julgados no mesmo processo, o Pleno do STJD decidiu reduzir de R$ 7 mil para R$ 1.400 a multa imposta ao Anapolina/GO, por infração ao artigo 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Já o Tocantinópolis/TO terá de pagar R$ 5 mil, aos invés dos R$ 10 mil impostos em sessão anterior, por infração ao artigo 205 do CBJD.
O Pleno do TJ também manteve as penalidades aplicadas ao atacante do Tocantinópolis, Fuzuê, por agredir o árbitro do jogo, com 180 dias de suspensão. O meia China foi suspenso por cinco jogos e o lateral Renatinho ficará fora do time em 12 jogos. Nenhum desses três jogadores poderão ser escalados para o jogo com a Anapolina. A Federação Goiana de Futebol (FGF) segue multada em R$ 2 mil. O auxiliar Valdemar Pereira e o zagueiro Gustavo foram absolvidos. (Com informações do site Justiça Desportiva)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Rapidinhas

14/09/2017

Rapidinhas A Seleção Goiana de Futsal, que foi representada por atletas e comissão técnica do Arena de Anápolis, conse...

Anatex perto de conquistar o título

14/09/2017

O Estádio Municipal “Zeca Puglise” vai ser palco da grande decisão do Campeonato Amador de 2017, neste sábado (16) às...

Atacante de 8 anos é contratado pelo Grêmio

14/09/2017

Em 2015 o garoto Guilherme, com apenas seis anos, dava seus primeiros passos para se tornar um jogador de futebol: entrou par...

Kartódromo poderá ser revitalizado e voltar a atrair grandes competições

14/09/2017

Na última quarta-feira,13, o Prefeito Roberto Naves recebeu em Anápolis o presidente da Federação Goiana de Automobilismo...