(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Anadiesel tem história ligada ao crescimento de Anápolis

Geral Comentários 22 de maro de 2013

Empresa soma grande contribuição ao processo de desenvolvimento econômico da região e tem a marca do pioneirismo do decano da indústria, Waldyr O´Dwyer


A Anadiesel teve um papel de destaque na história do desenvolvimento econômico de Anápolis, inclusive, em alguns períodos importantes como a construção da rodovia Belém-Brasília e o asfaltamento e posteriormente a duplicação da BR-060 (Brasília-Anápolis-Goiânia), estando, portanto, localizada neste que é um dos mais importantes trechos rodoviários do Centro-Oeste brasileiro. Acompanhou também, dando o suporte em sua área de atuação, a implantação e a consolidação do Distrito Agroindustrial (Daia), onde hoje tem a sua matriz instalada e teve ainda um papel de destaque no apoio à formação de mão-de-obra para o segmento, através do trabalho realizado junto ao Senai.
“Em 1963, Anápolis se ressentia da transferência da pioneira concessão Berocan S/A para Goiânia. Havia, assim, uma lacuna na venda e assistência técnica dos veículos Mercedes-Benz, considerando-se que o Município era o centro convergente de atendimento de praticamente todo o Estado, devido a sua tradição e pioneirismo na representação da marca MBB”, segundo Virgilio de Barros Abreu, um dos diretores pioneiros da Anadiesel.
A Gestão atual Administrativa da Anadiesel S/A é composta pelos executivos: Diretor Presidente, Waldyr O’Dwyer; Vice-Presidente, Luiz Sergio Leyser; Diretor Comercial, Virgilio de Barros Abreu; Gerente Administrativo e Financeiro, Marcus de Paula Abreu; Gerente Comercial, Marcelo Pinelli de Abreu; Diretor Financeiro, William Leyser O’Dwyer; Assessora da Diretoria, Caroline Louise L. O’Dwyer e a Diretora Administrativa, Heyne Diniz Leyser.
A primeira filial foi inaugurada em Porangatu, no ano de 1964. Depois, foi a de Gurupi-TO, em 1980 e, por último, a de Palmas, capital do Tocantins, em 1999. Hoje, a matriz e as filiais estão instaladas em aproximadamente 15.570 metros quadrados e empregam mais de 274 funcionários.

Marca de um pioneiro
À frente do grupo, o pioneiro Waldyr O’Dwyer é considerado como um dos decanos da indústria goiana. Mais conhecido como Capitão Waldyr - em razão de sua participação nos campos de batalha da Itália durante segunda guerra mundial pela Força Expedicionária Brasileira - tem parte de sua vida dedicada ao classismo. Na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), a qual acompanha quase desde a sua fundação, Capitão Waldyr exerceu diversos cargos, inclusive, o de vice-presidente e secretário, além de ter sido conselheiro da entidade junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI). Fundou o primeiro Núcleo Regional da Fieg e tem histórico de participação ativa na Associação Comercial e Industrial de Anápolis, no Rotary Clube e em várias outras entidades. Além de colecionar vários títulos honoríficos e comendas, pelos relevantes serviços prestados a Anápolis e ao Estado de Goiás.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Ampliado o alcance do Portal do Cidadão

20/10/2017

O Portal do Cidadão, lançado em julho pela Prefeitura, já apresenta resultados efetivos e se confirma como facilitador na ...

Audiência vai discutir o Estatuto do Desarmamento

20/10/2017

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF) prorrogou o prazo das inscrições para os interessados em assistir à audiên...

Donos de postos e funcionário do Inmetro são presos pela PF

20/10/2017

Até a manhã desta quinta-feira,19, dois empresários de Anápolis se encontravam presos na carceragem da Polícia Federal, ...

Vereador quer melhorar transporte interestadual

20/10/2017

vereador Lisieux José Borges (PT), se reuniu com o presidente da Agência Goiana de Regulação (AGR), Ridoval Chiareloto, p...