(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Alimentos prejudiciais à sua saúde

Saúde Comentários 15 de novembro de 2013

A nutróloga Liliane Oppermann listou quais são os dez piores alimentos para a saúde. Leia com atenção e previna-se dessas tentações!


A nutróloga Liliane Oppermann conta quais são os piores alimentos para a saúde. A lista, que foi elaborada por uma pesquisadora da Sociedade Internacional de Medicina Ortomolecular do Canadá, conta com as guloseimas que você deve deixar de fora da dieta.

10, o sorvete
O menos agressivo entre os dez piores alimentos é uma sobremesa que muita gente acredita ser leve: o sorvete de massa. “O sorvete tem muita gordura trans. Já temos alimentos onde se retira essa gordura, mas no geral aquele sorvete básico é feito com muito corante e muita gordura. A gente ainda pode piorar isso se colocar pequenas caldas, como a de caramelo, chantilly e um excesso daqueles chocolatinhos coloridos por cima”, explica Liliane. “Se você optar por opções mais leves, como aquele frozen de iogurte, com baixo teor de gordura, ou o normal, mas de frutas já é melhor”, completa.

9, o salgadinho de milho
Apesar de muito apreciado naqueles momentos de pressa, esse petisco pode trazer sérios danos. “O excesso de sódio é muito prejudicial e as pessoas trocam uma refeição por esse tipo de alimento, e ainda o acompanham com refrigerantes. Tem que ficar de olho nas prateleiras, procurar opções com baixo teor de sódio, com corantes naturais e maneirar na quantidade”, indica.

8, a pizza congelada
“A pizza congelada tem mais conservantes para ter uma durabilidade maior. O sal ajuda a conservar, e ainda junta com o excesso de gordura dos recheios, como a calabresa e o requeijão. As pessoas ainda põem óleo, um monte de azeite por cima, o que deixa ainda mais calórico”, adverte a nutróloga. Você não precisa riscar de vez esse alimento, mas pode optar por opções mais leves de recheio. “Opte por pizzas feitas na hora, e ingredientes como escarola, atum, frango com milho, e evite o excesso de queijos. Não comer a borda já reduz em 40% as calorias”, ensina.

7, a batata frita
“A batata é tão saudável, mas quando frita você puxa muita gordura e acaba usando também muito sal. Ela tem a acrilamida, formada no processo de aquecimento do óleo e que acaba sendo cancerígena”, adverte. Se você gosta muito, a dica de Liliane é cozinhar as batatas, cortá-las no formato palito e levar ao forno para dourar, deixando crocante e muito parecida com a versão frita.

6, o salgadinho de batata
Além dos problemas já apresentados nos salgadinhos de milho, o de batatas também tem a acrilamida, que pode aumentar as chances de desenvolver câncer.

5, o bacon
“O bacon só tem gordura saturada e excesso de sódio, que é ruim e aumenta problemas de hipertensão. Hoje você tem essência de bacon, e pode optar por ela ou por uma quantidade mínima de bacon só para dar sabor”, diz Liliane.

4, o cachorro quente
O alimento favorito da Eliana nessa lista pode ser um verdadeiro problema para sua dieta, por conta da salsicha, que é um alimento embutido. “Esses embutidos têm nitritos e nitratos, também considerados cancerígenos. É preciso pensar que apesar de gostar de algo, é preferível estar saudável e longe desses riscos, que são ainda maiores se a pessoa tem histórico na família”, lembra.
Se você não consegue deixar de comer essa delícia, que tal torná-la mais light? “Você consegue encontrar o pão de hot dog na versão integral, a salsicha de frango e optar por um catchup light. Ao invés do refrigerante, tome o suco natural”, diz Liliane.

3, rosquinha frita (bolinho de chuva)
“Ele tem também a substância acrilamida e é acrescido de açúcar, com 30% da composição de gordura. A versão caseira, que você vai colocando quanto açúcar quiser, é ainda pior que a industrializada”, adverte.

2, o refrigerante
Esse vilão é bem conhecido, já que tem excesso de açúcar, com quase 10 colheres de sopa por copo. “Quem toma está também deixando de preencher o estomago com vitaminas e outros nutrientes, presentes nos sucos”, complementa a nutróloga.

1, o refrigerante diet
Muita gente se engana com as versões zero, achando que elas são melhores para a saúde. No entanto, isso não é verdade: “o zero significa zero calorias, mas não zero sódio. Esse alimento vai sobrecarregar os rins, aumentar a hipertensão e é zero nutrientes. Só tem o potássio, mas o excesso de sódio tira seus benefícios”, explica.
Os alimentos essenciais para a saúde
Iogurte: é uma fonte riquíssima de vitaminas e minerais. Além disso, possui lactobacilos, que ajudam na digestão.

Aveia: outra boa opção alimentar, protege das doenças do coração, colesterol ruim e câncer.

Quinoa: ajuda a manter longe os problemas de perda de memória, dificuldade de aprendizado, variações de humor e indisposição.

Repolho: previne o câncer e a úlcera, é rico em vitamina C, ajuda a queimar gorduras e a reduzir o colesterol ruim.

Couve-flor: rica em vitamina C, previne o câncer e combate a hipertensão.

Brócolis: ótimo para prevenir doenças cardíacas e reduzir o peso. Ajuda também a retomar o desejo sexual e impede a queda de cabelos.

Chá verde: rico em vitaminas e minerais, previne o envelhecimento e tem um bom colesterol. Além disso, combate a inflamação pela luz solar.

Ovo: é o alimento mais completo depois do leite materno. A gema e a clara garantem vitaminas e minerais, proteínas e combatem alergias.

Banana: independente do tipo, a banana regula o intestino, ajuda a relaxar, manter o bom humor e combater alergias e a insônia.

Soja: combate o envelhecimento, previne o câncer e a osteoporose e ainda ajuda no funcionamento do intestino e na ativação das células do cérebro.

Autor(a): Da Redação / DaquiDali

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Faculdade promove campanha educativa

24/11/2017

Em novembro, a Faculdade Fama realiza uma ação, em parceria com a Prefeitura de Anápolis e apoio de empresas, voltada para...

Nova força-tarefa para combater a dengue, zika e chikungunya

16/11/2017

Durante solenidade realizada no Teatro Municipal, na última terça-feira,14, o Prefeito Roberto Naves reuniu dezenas de repr...

Dengue - Redução de casos economiza R$ 3,6 mi

09/11/2017

Com a chegada do período chuvoso, a Prefeitura de Anápolis volta a intensificar os cuidados com a dengue, chikungunya e zik...

Anápolis vai sediar campanha para doação de medula óssea

03/11/2017

Jovens e mães, Eva e Karise são duas amigas que enfrentam o mesmo problema: a leucemia. Eva Araújo, ex-servidora da Prefei...