(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Alcides e Sahium driblam contas rejeitadas em seus governos

Política Comentários 09 de dezembro de 2011

Depois de tentar notificar o ex-governador por vários meios, a Assembleia poderá lançar mão de um último recursos que seria um edital público de chamamento


A Assembleia Legislativa está cumprindo, ou, pelo menos, tentando cumprir todas as etapas e formalidades previstas em lei para garantir o mais amplo direito de defesa ao ex-governador Alcides Rodrigues (PP), no processo do Tribunal de Contas do Estado que sugere a rejeição das contas da administração estadual relativas ao ano de 2010.
Segundo o deputado Helio de Sousa (DEM), presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação, no caso de serem esgotadas todas as tentativas de notificações via Correios e também das visitas presenciais, como vêm sendo feito nos últimos dez dias, o próximo passo será fazer a convocação através de edital a ser publicado em um grande jornal de circulação diária em Goiânia, com 15 dias de prazo para a manifestação.
“Nós zeramos todo o processo, depois que o ex-governador se manifestou perante a imprensa, oportunidade em que ele dispensou os trabalhos do advogado Dalmy de Faria, nomeado pela OAB de Goiás, dizendo ainda que nunca tinha sido procurado em sua residência, onde mora há vários anos. Diante disso, começamos tudo de novo, mas até agora todas as tentativas de notificação foram em vão”, disse Helio.
Didaticamente, o parlamentar democrata lembra que o primeiro comunicado foi tentado através dos Correios, via Sedex, na data de 24 de novembro. A correspondência foi recusada e a Comissão de Finanças decidiu fazer a notificação presencial, com utilização de um servidor do Poder Legislativo. O funcionário esteve na residência do ex-governador em Santa Helena, no centro da cidade, em três oportunidades, mas ninguém quis assinar a notificação, nem mesmo as pessoas que trabalham na casa, segundo Helio de Sousa. A primeira no dia 2 de dezembro, às 11 horas; a segunda, no dia 5 de dezembro, às 9h30; e a terceira, no dia 6 de dezembro, às 10h40. A última foi programada para esta quinta-feira, 8, às 10 horas, dentro do chamado rito da hora certa.

Semelhança
Na votação do parecer do TCM que rejeitou as contas do ex-prefeito de Anápolis, Pedro Fernando Sahium, a Mesa Diretora, segundo o presidente Amilton Batista (PTB), também tentou fazer a notificação, porém sem obter sucesso. O vereador Valmir Jacinto (PTC), único a sair em defesa de Sahium, chegou a fazer uma comparação com o caso envolvendo o ex-governador, observando que ambos- Alcides e Sahium – se encontram fragilizados, inclusive, por estarem fora das esferas do poder. (Com informações da Agência Assembleia)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Câmara Municipal vai homenagear o ex-prefeito Pedro Sahium

22/03/2019

A Câmara Municipal aprovou, na sessão ordinária da última terça-feira, 19, a concessão do Título de Cidadão Beneméri...

Lideranças vão a Caiado para “destravarem” projetos de Anápolis

22/03/2019

Nesta sexta-feira, 22, será entregue ao Governador Ronaldo Caiado um documento elaborado em conjunto entre a Associação Co...

Projeto visa tornar todos os assentos especiais

22/03/2019

Está em tramitação no Legislativo Anapolino, um Projeto de Lei Ordinária, de autoria do vereador Wederson Lopes (PSC...

Prefeito e Administração aparecem bem avaliados em pesquisa de TV

15/03/2019

A TV Record está exibindo em sua programação, uma pesquisa encomendada junto à empresa Real Big Data, avaliando a perform...