(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Agronegócio deve ter lugar de destaque

Economia Comentários 10 de janeiro de 2019

Futuro secretário destaca que apoiar os produtores rurais é fundamental


O setor agropecuário deve recebe lugar de destaque no Governo Ronaldo Caiado, com a implantação de uma secretaria voltada para este importante setor da economia goiana e brasileira. O secretário que assumirá a pasta já foi anunciado é Antônio Carlos de Souza Lima Neto. Enquanto a reforma administrativa está sendo estruturada, Lima Neto foi nomeado como superintendente de Agricultura, ainda ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED).
“Este é um dos setores mais dinâmicos da economia do nosso Estado, que se contabiliza pelo crescimento do PIB e também principalmente pela balança comercial favorável. A nossa missão é dar maior apoio tanto ao pequeno quanto ao grande produtor, para que possamos gerar mais renda e emprego para Goiás”, destaca Lima Neto.
Segundo o futuro Secretário, o desafio é buscar uma gestão eficiente e com resultados para curto, médio e longo prazo e com a elaboração de bons projetos para angariar parcerias e recursos para a execução.
Ex-superintendente do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), entidade vinculada a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Lima Neto avalia que o produtor rural tem enfrentado muitas dificuldades burocráticas que proporcionam empecilhos em todo o segmento. “A nossa meta é melhorar os processos com o objetivo de auxiliar os produtores a crescerem, e com o apoio que temos da Federação da Agricultura e Pecuária (Faeg), do Senar, da Organização das Cooperativas (OCB) e de outras entidades, acreditamos que isto será possível”, ressalta.
Outro ponto de destaque na nova gestão será o fortalecimento do trabalho de assistência técnica rural. “Vamos ajudar o produtor rural a se desenvolver e ter rentabilidade, a produzir mais com menos. Para tanto temos parceiros como Emater, que queremos estruturar ainda mais, e também buscaremos parcerias a exemplo do Sistema S”, planeja.
O superintendente Antônio Carlos de Souza conta ainda que as secretarias de governo trabalharão em sinergia, citando que a Secretaria de Meio Ambiente será parceira da Secretaria de Agricultura.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Brasil fechou o ano de 2018 com 62,6 milhões de inadimplentes

17/01/2019

O Brasil fechou o ano de 2018 com aproximadamente 62,6 milhões de brasileiros com CPF negativado. Os atrasos nas contas de ...

Goiás espera resposta do Governo Federal

17/01/2019

A Secretaria da Fazenda esclarece que o trabalho da missão do Ministério da Economia, que está em Goiânia desde segunda-f...

Goiás espera resposta do Governo Federal

17/01/2019

A Secretaria da Fazenda esclarece que o trabalho da missão do Ministério da Economia, que está em Goiânia desde segunda-f...

Anápolis arrecadou mais de R$ 4.5 bilhões em 2018

17/01/2019

A arrecadação de tributos e contribuições federais na área de abrangência da Delegacia de Anápolis da Receita Federal ...