(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ações de conscientização sobre a AIDS

Saúde Comentários 29 de novembro de 2013

Programação busca mostrar a importância do diagnóstico precoce da doença


Com o tema: “Para viver melhor, é preciso saber”, a Secretaria Municipal de Saúde, através do programa DST/AIDS, está desenvolvendo uma campanha alusiva ao Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, comemorado em 1° de dezembro. Uma extensa programação teve início na quarta-feira, 27, e se estende até o dia 30 de dezembro. A campanha incentiva o diagnóstico precoce do vírus HIV, transmissor da AIDS, como uma estratégia que ajuda as pessoas contaminadas a viver com mais qualidade, além de indicar o tratamento gratuito como um direito garantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, a prevenção também será enfatizada, principalmente para o público adolescente.
De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Marcelo Daher, atualmente existem cerca de 600 pessoas com AIDS em Anápolis e 200 pacientes portadores do vírus HIV estão em tratamento na Unidade de Saúde do Jundiaí, onde está localizado o Centro de Testagem e Aconselhamento e o serviço de atendimento especializado.
Para ele, a campanha é um alerta às pessoas sobre o risco do contágio do vírus HIV e quanto à importância de realizarem o teste para diagnosticar precocemente. “Queremos que a população seja conscientizada de que esta doença pode matar, mas quando identificada em um estágio não avançado há tratamento para uma qualidade de vida melhor”, disse.
Entre as ações que serão realizadas durante a Campanha estão testagem rápida de HIV, sífilis, Hepatites B e C; palestras; orientações sobre tratamento na rede SUS de Anápolis e distribuição de preservativos.

AIDS no Brasil
A AIDS é o estágio mais avançado da doença provocada pelo vírus HIV que ataca o sistema imunológico de um indivíduo. Apesar de não ter cura, trata-se de uma doença controlável e com o tratamento correto é possível ser soropositivo e viver com qualidade.
No Brasil, de acordo com dados do Ministério de Saúde, desde o início da epidemia em 1980 até junho de 2012 foram registrados 656.701 casos de AIDS. A taxa de incidência é de 20.2 casos por 100 mil habitantes.


Confira a Programação

29/11- Palestra para funcionários das Lojas Bazzar São Sebastião
Horários: 8 horas
Local: Rua Manoel D’Abadia, Centro
06/12- Testagem rápida de HIV e sífilis
Horário: 8 horas
Local: Centro de Internação de Adolescentes no 4º Batalhão
02 a 30/12- Orientação e Testagem de HIV e Sífilis em todas as Unidades de Saúde da Família

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...

Dengue recua, mas população não deve baixar a guarda

26/05/2017

Em que pese as estatísticas demonstrem um recuo bastante significativo de casos de dengue em Goiás e, particularmente, em A...

Infectologia tem jornada sábado

18/05/2017

A Sociedade Goiana de infectologia realiza neste sábado, 20, a I Jornana de Infectologia de Anápolis. As palestras têm por...

Como superar o fim de um relacionamento?

27/04/2017

Ter o ‘coração partido‘ é uma das experiências mais traumáticas da vida. No entanto, de acordo com um estudo da Univ...