(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ações de combate à dengue são intensificadas em Anápolis

Saúde Comentários 17 de janeiro de 2014

Em 2013 o número de casos confirmados da doença chegou a 3, 370. O motivo se deve ao reaparecimento do tipo 4 do vírus no Brasil


Na última edição, o Contexto mostrou que o Estado de Goiás trabalha em alerta para diminuir os casos de dengue, que em 2013 passaram das 160 mil notificações. Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis, também, intensificou as ações para prevenir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, e para dar melhores condições para as unidades de saúde atender aos casos de pessoas com dengue.
O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde de Anápolis referente ao ano de 2013 mostra uma grande ascensão no número de pessoas que contraíram dengue. Das 8.756 notificações foram confirmados 3.370 casos. Enquanto que, em 2012 o número de pessoas que tiveram a doença foi de 258 diante de 2.388 casos notificados. A região central da Cidade e os bairros Jundiaí e Santa Maria de Nazareth continuam liderando o ranking com maior incidência de dengue.
Os agentes de endemia iniciaram um arrastão percorrendo casas; lotes, prédios e nas ruas da cidade em busca de caixas d’água descobertas; pneus, bocas de lobo entupidas e outros locais que possam acumular água onde o mosquito Aedes aegypti possa se reproduzir. As ações contam com o apoio das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Urbanos e Habitação para a coleta do lixo. A partir da próxima segunda-feira, 20, até o final deste mês, está programado “arrastão” em imóveis desocupados. A relação desses locais foi fornecida por imobiliárias. O recolhimento de pneus será feito em toda cidade, em borracharias, residências e terrenos baldios. A colocação de tampas nos reservatórios de água vai ocorrer em 25 bairros, considerados prioritários.
O trabalho de limpeza direcionado ao combate do mosquito da dengue é realizado em conjunto pelas secretarias municipais de Saúde e de Meio Ambiente. Para solicitar a vistoria de imóveis que ofereçam risco à comunidade, fazer denúncias e solicitar outros serviços, a população pode entrar em contato pelo telefone 0800 646 0408.
De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Luiz Carlos Teixeira, a prioridade do Município é detectar os principais bairros com focos de dengue e combatê-los. Além disso, segundo ele, os profissionais que atuam nas unidades de saúde e os agentes de endemias estão recebendo capacitações visando um melhor atendimento à população. “Nossas unidades estão preparadas para receber as pessoas que apresentem os sintomas da doença e também para orientar a população anapolina de como deve ser realizada a prevenção”, garantiu.

Dengue tipo 4
O aumento do número de pessoas que contraíram dengue em Anápolis, como em todo o restante do País, se deve ao reaparecimento do vírus da dengue tipo 4, após 30 anos. Este tipo do vírus não é mais grave do que os demais. Só que, quem já cotraiu os outros tipos 1, 2 ou 3, da dengue, não adquire imunidade contra o vírus.
Trata-se de mais uma variação do microorganismo e do sistema imunológico de quem o contrai e que não consegue resgistrá-lo. Os sintomas de todos os tipos do vírus são iguais, diferem-se, apenas, quando há alguma complicação como no caso da dengue hemorrágica. (Com informações da Secom)

Autor(a): Wanessa Mereb

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Mudanças no programa Farmácia Popular preocupam vereadores

22/06/2017

O Vereador Antônio Gomide (PT) falou na tribuna, na última segunda-feira, 19, sobre o possível fechamento da Farmácia Pop...

Município anuncia importantes reformulações na área da saúde

15/06/2017

Uma das áreas mais sensíveis da Administração, a pasta da Saúde, tem desafios que extrapolam os limites do Município. P...

Anvisa ouve reivindicações dos laboratórios goianos

15/06/2017

Anápolis recebeu, no último dia 09, a presença do médico sanitarista e epidemiologista, Jarbas Barbosa da Silva Júnior, ...

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...