(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ações conscientizam sobre abuso e a violência sexual

Violência Comentários 16 de maio de 2014

Diversas atividades acontecem nesta sexta e na próxima segunda-feira em Anápolis


A exploração sexual de crianças é uma das piores e mais perversas formas de violação aos direitos humanos. Para conscientizar a população sobre a importância de denunciar este problema, a Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realiza nesta sexta-feira, 16, uma programação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no dia 18 de maio. As atividades acontecem a partir das 09 horas, na Praça Bom Jesus.
A data tem como objetivo alertar a sociedade para as necessidades de proteção contra a violência sexual. Na programação serão realizadas atividades culturais, brincadeiras, distribuição de algodão, pipoca e atendimento odontológico.
Segundo a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Andréa Ferreira Lins, a ideia é conscientizar a população sobre os problemas decorrentes com crianças e adolescentes, além de trabalhar a diminuição dos casos e incentivar as denúncias. “A Prefeitura possui o Creas responsável por receber este tipo de denúncia, que disponibiliza uma equipe multidisciplinar para encaminhar e orientar as vítimas e suas famílias nestes casos”, explica.
O Creas disponibiliza o telefone 0800.646.1117. Além do órgão, as denúncias podem ser feitas no Conselho Tutelar pelo telefone: 0800.646.1114, ou ainda, no Juizado da Infância e Juventude, Delegacia de Polícia da Infância e Juventude e instituições filantrópicas.

Conscientização
Na segunda-feira, 19, a equipe da Prefeitura de Anápolis, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realiza ações de conscientização na BR – 153, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, para alertar os motoristas contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. A iniciativa acontece em parceria com a Polícia Rodoviária (PRF), Serviço Social do Transporte (SEST) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), das 8 às 12 horas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Anápolis aparece em relação das cidades mais violentas do Brasil

09/06/2017

Em 2015, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes de Anápolis, ficou em 40,9. Somada às Mortes Violentas com Causa Inde...

Governo diz que Goiás é um dos estados com menor índice criminal

09/06/2017

Os índices de criminalidade em Goiás apresentam queda sequenciada a partir de 2016. Na comparação entre janeiro e maio de...

Judiciário quer ações práticas para reduzir criminalidade em Anápolis

02/06/2017

A busca de soluções para o crescente aumento do índice de criminalidade em Anápolis foi debatida no final da tarde da úl...

Emanuelle Muniz e Emanuelle Ferreira: passageiras da agonia

04/05/2017

Emanuelle Muniz Gomes tinha 21 anos. Era transexual. Bela; extrovertida; meiga, alegre e filha carinhosa. Apesar da pouca ida...