(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

ACIA propõe pacto para restaurar a economia do Município

Economia Comentários 17 de novembro de 2016

A ideia é juntarem-se os esforços dos três níveis de governo com investimentos privados


Com base em uma pesquisa do IBGE, que apontou um lento crescimento da economia de Anápolis em relação a diversas outras cidades de Goiás nos últimos anos, a Diretoria da Associação Comercial e Industrial anunciou que vai propor para a partir do ano que vem, a adoção de uma agenda positiva com vistas a recolocar Anápolis no topo da produtividade econômica, com a retomada do ritmo antes verificado. De acordo com a pesquisa do IBGE, cidades como Rio Verde, Aparecida de Goiânia e Luziânia tiveram um índice de crescimento muito maior do que Anápolis. Para o Presidente da ACIA, Anastácios Apostolos Dagios, “na verdade, Anápolis ficou patinando por quatro anos, o que é inadmissível para um município que, sempre, foi protagonista no que se refere a desenvolvimento”, disse ele.
Em números, a pesquisa mostrou que de 2010 a 2014, o Produto Interno Bruto (PIB) de Goiânia cresceu 30,52 por cento; o de Aparecida de Goiânia, 55,77 por cento; o de Rio Verde, 64,27 por cento e o de Luziânia, 24,47 por cento, enquanto que o de Anápolis ficou em 22,88 por cento. Para Anastácios Apostolos Dagios, o crescimento de Anápolis nesses quatro anos, simplesmente, empatou com a inflação do período. “Não somos contra os outros municípios cresceram. Não concordamos é com Anápolis não crescer”, assegurou.
Soluções possíveis
Para o Presidente da ACIA, Anápolis tem tudo para deslanchar. “É uma cidade estrategicamente bem localizada; tem uma rede educacional de ponta, mão de obra com qualidade e um mercado consumidor bem amplo. O que falta é a adoção de medidas político/administrativas mais consistentes para a criação de espaços a fim de se implantarem novos núcleos industriais, incentivo para o comércio e a facilitação para o aporte de empresas interessadas em se instarem por aqui”, justificou.
O início de uma nova administração municipal em janeiro, com a posse do prefeito eleito Roberto Naves, segundo o Presidente da ACIA, é um excelente momento para a busca do crescimento econômico. “O Governador Marconi Perillo tem mais dois anos de mandato e uma série de compromissos a serem resgatados para com Anápolis, como o Aeroporto de Cargas; o Centro de Convenções, a ampliação do DAIA e outras obras fundamentais. Assim sendo, vamos propor que o Governo do Estado e a Prefeitura participem de um grande pacto juntamente com a ACIA; a FACIEG; a FIEG. a CDL e os sindicato patronais e encontrem uma fórmula de devolver a autoestima de Anápolis no que diz respeito ao nosso desenvolvimento econômico”, justificou Anastácios Apostolos Dagios, para quem, o momento é oportuno para a adoção de novos procedimentos empresariais. Ele defende, ainda, a convocação de anapolinos que exercem cargos importantes na esfera federal, como o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; os senadores Ronaldo Caiado (DEM) e Wilder Morais (PP), que tem empreendimentos em Anápolis, os deputados Alexandre Baldy e Rubens Otoni, dentre outros que podem se unir ao empresariado anapolino nesta cruzada pelo crescimento econômico do Município.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Economia

Caoa Chery planeja produzir três modelos SUVs na planta de Anápolis

08/11/2018

O Polo Automotivo de Goiás dará um novo salto com os anúncios de investimentos para ampliação do parque industrial e o l...

Contribuintes podem quitar débitos com desconto até dia 19

02/11/2018

Vai até o dia 19 de novembro o prazo para os contribuintes em débito com o ICMS, IPVA e ITCD regularizem a situação fisc...

Primeiro sorteio da Nota Anapolina terá prêmio especial de R$ 50 mil

02/11/2018

O primeiro sorteio da Nota Anapolina será no dia 21 de dezembro e fará com que um dos sorteados tenha um Natal com um bom d...

Inadimplência cai, mas ainda afeta 61,4 milhões

25/10/2018

No mês de setembro último, o Brasil registrou um total de 61,4 milhões de consumidores inadimplentes. Segundo o levantamen...