(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Acesso às cidades históricas tem boas condições

Geral Comentários 18 de julho de 2014

Segundo a Agetop, ligações para Pirenópolis e Goiás têm perfeitas condições de trafegabilidade


Quem estiver disposto a apreciar a arquitetura colonial e as belezas naturais, como serra, rios e cachoeiras das cidades históricas do Estado, como Pirenópolis e a antiga Vila Boa de Goiás, poderá seguir com segurança até esses destinos. Segundo informações da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop), os trechos de rodovias estaduais que conduzem a essas cidades, saindo de Goiânia, estão em perfeitas condições de trafegabilidade e já vêm passando por reformas e reconstruções constantemente.
De acordo com o diretor de Manutenção e Operação da Agetop, Francisco Humberto Moreira, a saída pela radial GO-070, partindo de Goiânia, pode ser feita com tranquilidade, embora os motoristas devam estar atentos aos serviços de restauração e manutenção que estão sendo feitos em trechos dessa rodovia, entre as cidades de Inhumas e Itauçu, precisamente na pista antiga que está sendo restaurada. “A pista nova está totalmente liberada, com tráfego normal”, garante o diretor. Ainda segundo ele, de Itauçu a Mossâmedes o motorista também deve estar atento porque máquinas na pista fazem um trabalho de restauração nesse trecho. De Itauçu até Itaberaí a rodovia, embora em bom estado de conservação, também passa por obras para duplicação. De Itaberaí a Goiás a rodovia já foi totalmente reconstruída.
Capital do Estado até meados de 1930, a cidade histórica de Goiás, localizada a 141 de Goiânia, manteve a arquitetura colonial de suas casas e possui nove igrejas. A cidade foi o primeiro núcleo urbano fundado no território goiano, ainda no início do Século 18. Em sua arquitetura destacam-se os museus de Arte Sacra e da Bandeira, prédio onde funcionaram a Câmara e a cadeia e que hoje guarda a história da intervenção bandeirante na região, além do Palácio Conde dos Arcos, antiga residência do governador. A cidade de Goiás recebeu em dezembro de 2001 da Unesco, em Helsinque, na Finlândia, o título de Patrimônio Histórico da Humanidade, que faz jus à arquitetura, à cultura e à memória da cidade.

Pirenópolis
As rodovias que conduzem a Pirenópolis também estão em bom estado, segundo avaliação da Agetop. De acordo com Francisco Moreira, o trajeto que passa por Anápolis e Planalmira pode ser feito com tranquilidade, com rodovias que apresentam boas condições de tráfego. “Para quem vai a Pirenópolis saindo de Brasília, tanto passando por Corumbá quanto por Planalmira, também encontrará boas condições de tráfego nas rodovias”, garante ele. Para chegar a Pirenópolis quem sai de Goiânia deverá seguir pela BR-153 até Anápolis, de onde segue pela BR-414, em direção de Corumbá de Goiás. Após 30 km, no distrito de Planalmira, deverá pegar a GO-338 à esquerda até Pirenópolis. Todas as rodovias que levam à terra das Cavalhadas encontram-se em bom estado.
Uma das primeiras cidades de Goiás, Pirenópolis, localizada a 121 quilômetros da capital, é abraçada pela Serra dos Pireneus, que deu origem ao seu nome, com montanhas cobertas pela raríssima vegetação de cerrado rupestre, natureza exuberante, formações rochosas, nascentes e dezenas de cachoeiras. Também é conhecida como a terra das Cavalhadas, da Festa do Divino Espírito Santo, de Veiga Vale, de altares barrocos e das pedras de quartzito.
Importante centro urbano dos séculos 18 e 19 com mineração de ouro, comércio e agricultura, ficou isolada durante grande parte do Século 20 e teve seu valor histórico redescoberto a partir da década de 1970, dez anos após a vinda da capital federal para o Brasil Central (em abril 1960), tendo sido tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1989.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...