(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ação de combate ao câncer de próstata

Saúde Comentários 11 de dezembro de 2009

A campanha é realizada no Município, em parceria com a APAE, que está disponibilizando, gratuitamente, a realização do exame de sangue que diagnostica a doença


A Secretaria Municipal de Saúde intensifica as ações da campanha de Prevenção ao Câncer de Próstata, iniciada no dia 13 de novembro último e segue até o dia 30 de dezembro. O trabalho é desenvolvido em parceria com a APAE, que está disponibilizando, gratuitamente, a realização do exame de sangue que diagnostica a doença, o PSA (Antígeno Prostático Específico). A campanha é direcionada a homens acima de 45 anos.
Durante a semana, os exames são realizados na parte da manhã, das 8 às 11 horas, nas seguintes unidades: Cais Jardim Progresso; Unidade de Saúde Ilion Fleury no Bairro Jundiaí; Mini-Cais Abadia Lopes da Fonseca; Unidade Oncológica de Anápolis e Poli - Saúde da Vila Jaiara. De acordo com um levantamento feito pela Apae, aproximadamente dez mil homens nesta faixa etária nunca fizeram o exame ou não estão com o procedimento em dia no Município.
Entretanto, a Prefeitura Municipal vem também desenvolvendo uma programação paralela em locais de grande concentração, visando atingir a camada de homens que são impossibilitados de participar durante a semana, por compromissos de trabalho. Nos postos descentralizados, a equipe de saúde faz o mesmo procedimento de coleta de material para exame, que é feito nas unidades de saúde. (Veja Box com a programação dos finais de semana)
No próximo dia 16, está prevista ainda a realização de uma palestra no Teatro Municipal de Anápolis, às 9 horas, com a participação do médico Alair Mafra, que fará uma abordagem sobre a prevenção do câncer de próstata.
Câncer de Próstata
Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de novos casos do câncer de próstata no Brasil, em 2008, foi de 49.530. Estes valores correspondem a um risco estimado de 52 novos casos a cada 100 mil homens. No que diz respeito a valores absolutos, o câncer de próstata é o sexto tipo desta doença mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de câncer. As taxas de incidência desse tipo de câncer são seis vezes maiores nos países desenvolvidos, se comparadas às dos em desenvolvimento.
Mais do que qualquer outro tipo de câncer, esse é considerado o câncer da terceira idade, uma vez que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

Exame PSA
O diagnóstico do câncer de próstata já pode ser feito pela velocidade de elevação do PSA (Antígeno Prostático Específico) - uma substância produzida pela próstata, mais especificamente pelo epitélio prostático, que possui a função de liquefazer o coágulo seminal. Introduzido em 1992 na medicina, esta forma de equação calcula a velocidade a partir de três dosagens, em 19 e 24 meses, mas na prática, um aumento do antígeno de 0,75 ng/ml ou mais por ano alerta fortemente à presença de um nódulo na próstata.


Programa de atendimento
* Dia 12 de Dezembro / 2009
- Praça Americano do Brasil
- Praça Dom Emanuel
- Feirão do Bairro de Lourdes

* Dia 19 de Dezembro / 2009
- Praça Americano do Brasil
- Feirão Vila Jaiara


Perguntas e respostas

O que é a próstata?
É uma glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

Que sintomas podem indicar um câncer de próstata?
Sintomas como dor lombar, problemas de ereção, dor na bacia ou joelhos e sangramento pela uretra podem ser suspeitos. Caso haja suspeita, os exames indicados são toque retal e dosagem de uma proteína do sangue (PSA) através de exame de sangue.

É possível descobrir o câncer de próstata em indivíduos sem sintomas?
A maioria dos cânceres de próstata não causa sintomas até que atinjam um tamanho considerável. Em homens acima de 50 anos pode-se realizar o exame de toque retal e dosagem de PSA para saber se existe um câncer de próstata sem sintomas. O toque retal e a dosagem de PSA não dizem se o indivíduo tem câncer, eles apenas sugerem a necessidade ou não de realizar outros exames.

Ter um destes exames alterados implica em ter câncer de próstata?
Não. O toque retal identifica outros problemas além do câncer de próstata e é mais sensível em homens com algum tipo de sintoma. O PSA tende a aumentar de acordo com o avanço da idade. Cerca de 75-80% dos homens com aumento de PSA não têm câncer de próstata.

E ter os exames negativos, garante que não haja câncer?
Não. Cerca de 20% dos homens com câncer de próstata sintomático apresentam um PSA normal. Dependendo da região da próstata, o câncer também pode não ser palpável pelo toque retal. A melhor estratégia é realizar os dois exames, já que são complementares.

O que um homem com sintomas e mais de 50 anos deve fazer?
Deve ir ao médico para investigar esses sintomas. Geralmente, não é câncer, mas somente o médico pode identificar o problema.

O câncer de próstata pode ser prevenido?

Manter uma alimentação saudável, não fumar, ser fisicamente ativo e visitar regularmente o médico contribuem para a melhoria da saúde em geral e podem ajudar na prevenção deste câncer.

O câncer de próstata é hereditário?
Menos de 10% dos cânceres de próstata têm algum componente hereditário. Quanto mais jovem o homem em quem o câncer for detectado, maior a probabilidade de haver um componente hereditário.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Faculdade promove campanha educativa

24/11/2017

Em novembro, a Faculdade Fama realiza uma ação, em parceria com a Prefeitura de Anápolis e apoio de empresas, voltada para...

Nova força-tarefa para combater a dengue, zika e chikungunya

16/11/2017

Durante solenidade realizada no Teatro Municipal, na última terça-feira,14, o Prefeito Roberto Naves reuniu dezenas de repr...

Dengue - Redução de casos economiza R$ 3,6 mi

09/11/2017

Com a chegada do período chuvoso, a Prefeitura de Anápolis volta a intensificar os cuidados com a dengue, chikungunya e zik...

Anápolis vai sediar campanha para doação de medula óssea

03/11/2017

Jovens e mães, Eva e Karise são duas amigas que enfrentam o mesmo problema: a leucemia. Eva Araújo, ex-servidora da Prefei...