(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

A dieta do bom humor

Saúde Comentários 31 de outubro de 2014

Endocrinologista explica qual é a relação da alimentação com o temperamento e lista os alimentos ideais para reduzir o estresse


Alguns alimentos ajudam a melhorar o humor e a reduzir o estresse. Isso acontece quando alguns neurotransmissores, responsáveis pela sensação de prazer, bem-estar e euforia, como a serotonina e a dopamina, são estimulados pela comida. É o que revela Myrna Campagnoli, endocrinologista do Laboratório Atalaia. “Os alimentos ricos em triptofano proporcionam sensação de bem-estar”, diz.
A endocrinologista aconselha que, mesmo os alimentos que promovem esta boa sensação no organismo, devem ser ingeridos de maneira equilibrada. “O ideal é manter a dieta sempre variada e saudável, incluindo alimentos que proporcionam bem-estar em todas as refeições. O estímulo à produção de neurotransmissores está ligado ao consumo do alimento”, aconselha a especialista Myrna Campagnoli.
Segundo ela, é importante ressaltar que a quantidade de consumo não precisa ser grande e que, geralmente, o efeito não é acumulativo. “Comer uma barra de chocolate inteira ou uma penca de bananas, por exemplo, não proporcionará uma sensação maior de prazer. Muitas vezes, inclusive, acontece o oposto”, alerta.
Entre os alimentos que ajudam a melhorar o humor estão: chocolate, banana, aveia, espinafre, ovos, pimenta, leite, laranja, castanha e arroz integral.

Bons sonhos
Além de melhorar o humor, a alimentação também pode ajudar a acalmar e melhorar o sono. “Existem vários alimentos que auxiliam na busca de tranquilidade. O leite, por exemplo, é rico em triptofano, cálcio e fósforo. Isso auxilia na produção de neurotransmissores do bem-estar. O leite também pode incrementar a produção de substâncias envolvidas na qualidade do sono, ajudando a dormir melhor e reduzindo o estresse”, explica.
Em contrapartida, uma alimentação errada, segundo a médica, pode causar mau humor, mal-estar e insônia. “A alimentação errada, o excessos de gordura, açúcar e sal, e o abuso de álcool são fatores que certamente pioram a qualidade de vida e causam mal estar. Eu somaria a vida sedentária neste mesmo tópico. O corpo necessita se movimentar e do consumo de vitaminas, minerais, fibras, aminoácidos e carboidratos para manter um bom funcionamento e a sensação de bem-estar. Na ausência destes fatores, a sensação de prazer também estará diminuída”, finaliza.
Entre os alimentos que ajudam a acalmar e a melhorar o sono estão: leite, alface, maracujá, camomila, marcela, mel, semente de abóbora, gergelim, queijo, couve e macarrão.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Mudanças no programa Farmácia Popular preocupam vereadores

22/06/2017

O Vereador Antônio Gomide (PT) falou na tribuna, na última segunda-feira, 19, sobre o possível fechamento da Farmácia Pop...

Município anuncia importantes reformulações na área da saúde

15/06/2017

Uma das áreas mais sensíveis da Administração, a pasta da Saúde, tem desafios que extrapolam os limites do Município. P...

Anvisa ouve reivindicações dos laboratórios goianos

15/06/2017

Anápolis recebeu, no último dia 09, a presença do médico sanitarista e epidemiologista, Jarbas Barbosa da Silva Júnior, ...

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...